-
Por JONATHAN FERREIRA
Publicado 03/11/2017 17:31 | Atualizado há 3 anos

Quem nunca recebeu uma mensagem de texto no celular dizendo que foi selecionado para participar de um sorteio de brindes ou um link oferecendo uma oportunidade de emprego em grupos de WhatsApp? Atenção! Esses conteúdos podem servir como camuflagem para induzir o cliente à contratação de algum Serviço de Valor Adicionado (SVA), que corresponde à assinaturas de produtos com descontos mensais dos planos de telefonia móvel. Em muitos casos, os 'assinantes' sequer tomam conhecimento que contrataram o pacote.

Segundo o Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec), as operadoras lucraram R$ 8,8 bilhões com a venda de SVAs em 2016. O Idec constatou que um terço dos clientes pré-pagos aceitaram o serviço acreditando que era gratuito. O pesquisador em telecomunicações do Idec, Rafael Zanatta, denúncia que a operadora Oi comercializa título de capitalização com nome 'Super Grátis', sem comunicar sobre a cobrança diária de R$ 1,29.

"O consumidor recebe mensagem dizendo que pode se cadastrar de graça para participar de sorteio de produtos e prêmios semanais, mas apenas a mensagem de resposta é grátis. A partir da resposta por SMS, o cliente contrata um título de capitalização, que dá direito a participar da campanha com sorteios".

Em seu site, a Oi anuncia que o cliente só fica isento de cobrança se decidir concorrer a prêmios de até R$ 5,3 mil, mas a informação só aparece detalhada para quem procura o regulamento da promoção.

Há empresas que tentam seduzir clientes com ofertas de notícias, horóscopos, futebol e games. "Alguns golpes são acoplados a serviços adicionais. Podem ser falsas promoções que atraem o cliente para inserir o número do telefone achando que se cadastrou para participar, por exemplo, de seleção de empregos. Na verdade está contratando serviço", alertou Zanatta. Segundo ele, para ludibriar os clientes, há operadoras que colocam poucas informações nas mensagens. "Essas mensagens não usam o termo 'contratar' e sim, 'Ok'. Não fica explícito que o consumidor está assinando um serviço".

Você pode gostar
Comentários