O dono da bola (de novo)

Cristiano Ronaldo vence prêmio da France Football pela quinta vez e se iguala a Messi. Neymar fica em terceiro lugar

Por

Cristiano Ronaldo pode estar de saída do Real Madrid
Cristiano Ronaldo pode estar de saída do Real Madrid -

Sem surpresas, Cristiano Ronaldo recebeu ontem, em Paris, sua quinta Bola de Ouro, igualando o número de prêmios de seu grande rival, o argentino Lionel Messi, que ficou em segundo lugar na votação. O brasileiro Neymar, do PSG, foi o terceiro colocado. O craque do Real Madrid, que em 2017 ergueu os troféus da Liga dos Campeões e do Campeonato Espanhol, já havia recebido o prêmio individual em 2008, 2013, 2014 e 2016.

"É algo que procuro todos os anos, todas as temporadas. No ano passado fizemos uma grande temporada, ganhamos a Champions, o Espanhol, e, em termos individuais, fui o artilheiro da Champions. É claro que os troféus ajudam a ganhar este prêmio. Tenho que agradecer a meus companheiros no Real Madrid e na seleção. A todos os que me ajudaram a estar aqui", disse Cristiano Ronaldo, durante a cerimônia, realizada na emblemática Torre Eiffel, e que contou com a presença da mãe e de seu filho no palco da premiação.

A vitória de Cristiano Ronaldo e o segundo lugar de Messi já eram esperados. O suspense ficou reservado para o nome do jogador que completaria o pódio da Bola de Ouro. A honra coube a Neymar, que sucedeu o francês Antoine Griezmann, terceiro colocado na edição passada do prêmio caiu para o 18º lugar este ano.

O caminho de Cristiano Ronaldo até a conquista da Bola de Ouro de 2018 foi percorrido sobre tapete vermelho desde 3 de junho, quando o craque ergueu a 'Orelhuda' de campeão da Champions, com direito à vitória por 4 a 1 sobre a Juventus na final ele marcou dois gols e terminou como artilheiro da competição pelo quinto ano consecutivo, com 12.

BUFFON FICA EM QUARTO LUGAR

A Bola de Ouro, honraria concedida pela revista 'France Football', é o terceiro prêmio individual de Cristiano Ronaldo nesta temporada, depois de receber os de melhor jogador da Uefa 2016-2017 e o The Best, entregue pela Fifa, de melhor de 2017.

Além do trio Cristiano Ronaldo-Messi-Neymar, que dominou a votação neste ano, o quarto lugar ficou com o veterano goleiro italiano Gianluigi Buffon, finalista da Champions com a Juventus. O quinto foi do croata Modric. O espanhol Sergio Ramos, também do Real Madrid, tido como candidato ao pódio, terminou em sexto, enquanto o jovem francês Kylian Mbappé, agora no Paris Saint-Germain, foi sétimo graças à bela campanha pelo Monaco na temporada passada.

Além de Neymar, o Brasil só teve mais dois jogadores na lista dos 30 melhores da 'France Football': Marcelo, lateral-esquerdo do Real Madrid, 16º colocado, e Philippe Coutinho, atacante do Liverpool, que ficou com a 29ª posição.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários