Por O Dia
Publicado 18/01/2018 16:51 | Atualizado há 3 anos

Argentina - O craque argentino Carlitos Tevez voltou a criar polêmica nesta quarta-feira. Depois de afirmar que estava no futebol da China de férias, desta vez ele disse que leva seu filho Lito, de 3 anos, para a favela no bairro de Fuerte Apache para ele não 'desmunhecar'.

Tévez gerou polêmica na Argentina - Reprodução Twitter

"Lito vai ao bairro comigo. É apenas um menino, mas imagina... A mãe, as irmãs, as avós e ele é o único homem. Se não o levo ao bairro para que ele leve algumas pancadas, ele desmunhecaria. Levo ele até lá para ele se desenvolver com os moleques, bater uma bola com eles", afirmou ao canal 'TyC Sports'.

O atacante conhece bem a região, já que foi criado no bairro, conhecido por ser um dos mais violentos da cidade de Buenos Aires.

A opinião de Tévez foi muito comentada na Argentina. Ele foi chamado até de homofóbico nas redes sociais.

 

Você pode gostar
Comentários