A jogadora de vôlei de praia Maria Elisa com o marido, Paulo Victor, durante lua de mel na Jamaica - FOTOS Arquivo Pessoal
A jogadora de vôlei de praia Maria Elisa com o marido, Paulo Victor, durante lua de mel na JamaicaFOTOS Arquivo Pessoal
Por

Maria Elisa e Carol começaram 2018 já no pódio, com a prata na etapa de Haia, na Holanda, do Circuito Mundial. "Não pudemos nos preparar tanto porque pegou um pouco das férias. Mas é importante ter essa regularidade de pódio, mostra que nosso time, mesmo não estando no melhor, tem uma qualidade para jogar em alto nível, e dá confiança para o resto do ano", diz Maria Elisa. Na semana que vem, elas disputam a etapa de Fortaleza do Circuito Brasileiro, onde lideram. "O Brasileiro é onde hoje, sem patrocínio, a gente consegue manter a nossa equipe com a premiação", conta Maria. Sobre a Olimpíada de Tóquio (2020), elas são cautelosas. "Sabemos que, a cada degrau que subirmos, vamos chegar aonde a gente quer", diz Maria. Ela casou em novembro e treinou durante a lua de mel na Jamaica: "Em 2017, estava com espírito muito bom para o casamento e isso atrai coisa boa. Atraiu uma grande equipe. No início, a ideia de treinar na Jamaica não foi muito boa, mas quando cheguei lá, com aquele visual maravilhoso, consegui curtir". Já Carol se desdobra para cuidar dos filhos, José e Salvador: "Conciliar a vida de jogadora com os meninos já entrou no automático. É duro, dá saudade. Mas amo jogar vôlei. Ao longo da vida, eles vão entendendo".

 

Você pode gostar
Comentários