Garotinho diz que disputará governo

'Não estou correndo atrás de um cargo e sim de um sonho. Serei o governador da esperança, da justiça, da paz', declarou ele, em entrevista publicada em seu blog

Por

Policiais do Bope se preparam para a intervenção, no Parque Belém -

Rio - Mesmo sem definir o partido, o ex-governador Anthony Garotinho afirmou ontem que irá se candidatar a governador do Rio. "Não estou correndo atrás de um cargo e sim de um sonho. Serei o governador da esperança, da justiça, da paz", declarou Garotinho, em entrevista publicada em seu blog.

Ex-filiado ao PR, ele vai decidir seu novo partido após o Carnaval. "Até lá vou ouvir meus companheiros e principalmente ouvir o povo. Fiz um compromisso comigo mesmo, não irei para nenhum partido que tente sufocar minha rebeldia contra essa profunda desigualdade que vivemos", concluiu Anthony Garotinho, que não acredita ser prejudicado pelo fato de ter sido preso.

"Está claro para a população que a perseguição contra mim tem origem no grupo do ex-governador Sérgio Cabral e em setores que denunciei e ainda não foram alvos de investigação", completou.

Preso desde 16 de novembro, o ex-governador foi solto no fim de dezembro por habeas corpus concedido pelo presidente do Tribunal Superior Eleitoral, ministro Gilmar Mendes. Garotinho foi detido em um desdobramento da Operação Chequinho, que investiga esquema de compra de votos nas eleições de 2012, quando sua esposa, a também ex-governadora Rosinha Garotinho, foi eleita prefeita de Campos.

Galeria de Fotos

Policiais do Bope se preparam para a intervenção, no Parque Belém Almir Lima/Parceiro/Agência ODia
Na área de 37,5 mil m², visitantes praticaram ontem o Tai chi chuan Alessandro Costa/Divulgação

Comentários

Últimas de Rio de Janeiro