Informe: Candidato a vereador do Psol é o principal doador de sua campanha

Montante de R$ 223 mil é três vezes maior que patrimônio declarado por David Miranda

Por O Dia

Rio - Candidato a vereador pelo Psol, David Miranda tem contas que chamam a atenção no TSE. Ele é o principal doador de sua própria campanha, com um montante de R$ 223.200,00, valor três vezes maior que seu patrimônio declarado, que é de R$ 74.825,00.

“O montante é fruto de créditos recebidos em 2016. Fui responsável por agenciar a atividade jornalística de Glenn Greenwald no Brasil, surgida especialmente a partir de nossa atuação na conjuntura atual. Meu patrimônio é fruto deste trabalho, publicamente reconhecido no mundo. Escandaloso é quem recebe de empreiteira”, diz.

Fama internacional
David Miranda ficou conhecido em 2013, quando foi preso arbitrariamente em Londres, acusado de terrorismo por ajudar seu companheiro, o jornalista Glenn Greenwald, a publicar a existência de programas secretos de vigilância global dos EUA.

Apoio de estrelas
O ex-espião americano Edward Snowden, que repassou a Greenwald as informações secretas, já declarou apoio a David Miranda, assim como a atriz Susan Sarandon e o filósofo Noam Chomsky. No Brasil, a atriz Letícia Sabatella, e os escritores Xico Sá e Gregório Duvivier.

Rebatizado
Quem procura a coordenação de campanha do candidato a prefeito Marcelo Crivella (PRB), ouve o nome de Rodrigo Fernandes. Trata-se, na verdade, de Rodrigo Bethlem, ex-“xerife” de Eduardo Paes, que brigou com o antigo chefe e não anda querendo aparecer muito.

Também, pudera
A última vez que Bethlem ganhou as manchetes foi em 2014, quando sua esposa à época, Vanessa Felippe, revelou gravações onde o ex-marido admitia ter contas na Suíça onde supostamente depositaria dinheiro desviado inclusive do Bolsa Família.

Últimas de Rio De Janeiro