Idosa morre carbonizada em incêndio em apartamento do 13º andar de edifício

Dalva Maria Barreto Berenger não conseguiu escapar das chamas porque estava acamada

Por O Dia

Um incêndio no 13º andar no bloco 2 do condomínio Formosão, em Campos, matou uma idosa de 75 e causou pânico entre os moradores, na noite de sábado
Um incêndio no 13º andar no bloco 2 do condomínio Formosão, em Campos, matou uma idosa de 75 e causou pânico entre os moradores, na noite de sábado -
Campos - Um incêndio no 13º andar de um dos prédios mais antigos e conhecidos de Campos dos Goytacazes, o Formosão, matou uma idosa carbonizada, na noite do sábado, no município do Norte Fluminense. A vítima foi identificada como Dalva Maria Barreto Berenger, de 75 anos, que estaria acamada por causa de uma cirurgia no fêmur.
O Corpo de Bombeiros informou que o incêndio começou por volta das 18h30 no prédio do bloco 2 do Formosão, que fica na Avenida Tenente Coronel Cardoso, na Pelinca. Em pânico, os moradores evacuaram o edifício.
Uma escada magirus permitiu o acesso ao 13º andar, mas a baixa pressão da água de um dos hidrantes atrapalhou o trabalho de combate às chamas. O apartamento 1.307 ficou destruído. Ainda não há informações sobre possíveis danos às outras unidades ou à estrutura do prédio.
Dalva estava acompanhada de outra idosa, 80, que era sua cuidadora. Ela conseguiu escapar, foi levada ao Hospital Ferreira Machado e foi liberada ainda na noite de sábado. Seu nome não foi divulgado.
A operação mobilizou cerca de 30  bombeiros e sete viaturas. A perícia ainda vai determinar as causas do incêndio. O caso está a cargo da 134ª DP (Campos).

Galeria de Fotos

Um incêndio no 13º andar no bloco 2 do condomínio Formosão, em Campos, matou uma idosa de 75 e causou pânico entre os moradores, na noite de sábado Reprodução
Bombeiros tentam apagar incêndio em apartamento no 13º andar Reprodução / InterTV
Segundo relatos, Dalva estaria acamada e não conseguiu fugir do apartamento Reprodução / Internet

Comentários