Diniz participa de encontro virtual com Witzel para apresentar balanço e debater novas ações

Ao lado de outros prefeitos da região, campista discute instalação de hospital de campanha, que terá 100 leitos de UTI

Por O Dia

O prefeito Rafael Diniz (de amarelo) recebe sabonetes e litros de água sanitária doados para distribuição às famílias carentes de Campos
O prefeito Rafael Diniz (de amarelo) recebe sabonetes e litros de água sanitária doados para distribuição às famílias carentes de Campos -
Campos – O prefeito de Campos, Rafael Diniz, conversou há pouco por videoconferência com o governador do Rio, Wilson Witzel, para discutir a instalação do prometido hospital de campanha a ser instalado em Campos. Também participaram do encontro virtual outros prefeitos do Norte e Noroeste Fluminense. As medidas tomadas no município para conter o avanço da pandemia tem surtido efeito, até aqui. Em Campos, há apenas um caso confirmado, e outros 15 suspeitos, conforme boletim atualizado divulgado no início da tarde.
"Passamos as ações que implementamos, como barreira sanitária e higienização pública; a criação do Centro de Combate e Controle ao Coronavírus de Campos, já equipado, e o treinamento dos profissionais que vão trabalhar lá", destacou Diniz.
O secretário estadual de Saúde, Edmar Santos, disse que o hospital de campanha terá 200 leitos, 100 de UTI e 100 de clínica médica; e os médicos que vão atuar na unidade devem ser residentes no município e serão contratados pelo governo estadual. Campos também receberá uma ambulância do SAMU.
Também ficou acordado um novo hospital de campanha em Bom Jesus de Itabapoana, para que a estrutura hospitalar de Campos, que normalmente já recebe muitas pessoas dos municípios vizinhos, não fique ainda mais sobrecarregada.
Outro pedido de Diniz a Witzel foi que não faça a transferência de nenhum dos homens do 8ºBPM de Campos, que atende diversas cidades do Norte Fluminense, para a capital.
"Mantemos essa canal aberto com o governador, pois temos todos que trabalhar unidos no enfrentamento dessa pandemia", destacou o prefeito campista.
Doação de sabonetes — A prefeitura começou a distribuir nesta segunda 22 mil sabonetes e 18 mil litros de água sanitária doados pelas Águas do Paraíba no esforço de combate ao novo coronavírus. O material vai ser distribuído nas comunidades carentes da cidade.
"Agradecemos imensamente à direção das Águas do Paraíba, por esse gesto e pela sua sensibilidade de mais uma vez nos auxiliar nesse momento em que todos devemos nos unir no combate ao covid-19", disse o prefeito Rafael Diniz.
Apenas hoje foram entregues 17 mil sabonetes e 10 mil litros de água sanitária. O restante deve chegar nos próximos dias. A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Humano e Social vai utilizar seu Cadastro Único para definir a distribuição.

Comentários