Campos anuncia hoje detalhes do plano de retomada gradual de comércio e indústria

Prefeitura cria ranking de risco do coronavírus, com restrições e liberações para cada nível, de acordo com diretrizes de autoridades de saúde e dados científicos

Por O Dia

O prefeito de Campos, Rafael Diniz, assina um dos decretos publicados durante a pandemia do coronavírus
O prefeito de Campos, Rafael Diniz, assina um dos decretos publicados durante a pandemia do coronavírus -
Campos — A prefeitura de Campos deve anunciar hoje mais detalhes do seu plano de retomada gradual da atividade econômica. Mesmo com o avanço da pandemia e o número crescente de casos de coronavírus na cidade — e a indefinição sobre a abertura do hospital de campanha prometido pelo governo estadual — o prefeito Rafael Diniz pretende atender às demandas do comércio campista, mas com um monitoramento rígido do quadro de contágio no município. Para isso, foi criado uma escala de risco, com normas específicas para cada cenário.
São cinco níveis:
Nível 5 - fase vermelha: Lockdown total; altíssimo risco
Nível 4 - fase laranja: Lockdown parcial; situação grave
Nível 3 - fase amarela: Alerta máximo
Nível 2 - fase verde: Atenção máxima
Nível 1 - fase branca: Atenção moderada
O plano de reabertura da atividade comercial de Campos vai se basear num sistema de ranking do risco de contágio pelo coronavírus - Arte prefeitura de Campos
“Definimos esse plano a partir das orientações das autoridades de saúde, com base científica, e pesadas as demandas apresentadas pelas entidades (do comércio e indústria), com dados estatísticos”, destacou Diniz.
A CDL (Câmara dos Dirigentes Lojistas) de Campos considerou satisfatória a estratégia adotada pela prefeitura, e a busca por uma transição do isolamento fundamentada em critérios claros e avalizados por especialistas.
“O prefeito está bem assessorado, trabalhando com dados. Estamos confiantes na sua decisão”, comentou Norival Manhães, diretor da CDL. “Entendemos as dificuldades e a preocupação da prefeitura”.
A forma como o plano vai ser implementado e os serviços e atividades, públicas e privadas, que serão liberadas ainda vai ser explicada mais a fundo. Mas, basicamente, significa que, no nível mais crítico, funcionam apenas os serviços extremamente essenciais, e ficam restringida a movimentação de pessoas, veículos e há toque de recolher. À medida que o estágio de risco desce, essas restrições vão diminuindo.
“É importante destacar que essa luta é conjunta, do poder público e da sociedade”, disse Diniz, pedindo apoio da população para o cumprimento de cada decreto e o respeito às regras sanitárias. “O isolamento não é o que queremos, mas é necessário. Com esse plano, preparamos Campos para a nova realidade durante e após a pandemia”.

Galeria de Fotos

O prefeito de Campos, Rafael Diniz, assina um dos decretos publicados durante a pandemia do coronavírus Divulgação prefeitura de Campos
O plano de reabertura da atividade comercial de Campos vai se basear num sistema de ranking do risco de contágio pelo coronavírus Arte prefeitura de Campos

Comentários