Fernando Mansur
Fernando MansurO DIA
Por Fernando Mansur
Sentir-se amorosamente, perdoar-se compreensivamente, corrigir-se pacientemente. Cuide-se bem e estenda sua mão; deixe que a aceite quem quiser e precisar. Não force. Busque as suas qualidades e exercite-as. Admire as dos outros. Veja-se como alguém que pode somar-se proveitosamente ao seu círculo de relações.
Confie. Solte-se para se elevar. Tempo de se questionar: preciso mesmo disso ou não? Se não, desprender, para ficar mais leve e voar a novas alturas pelas asas do pensamento e de ações bem trabalhadas. Siga o movimento de suas percepções. Veja para onde elas querem conduzir você. E abra espaço para o novo entrar. Esvazie-se.
Publicidade
O tempo parece mais veloz, o ritmo é outro; coisas que demoravam para serem erguidas ou desmoronadas, hoje podem acontecer ou desaparecer num instante. Então é melhor desapegar dos pesos mortos. Privilegie o principal. Precisamos entender que vivemos um outro momento. Devemos estar conectados com o primordial.
Voltando ao início, perceba quem você é e tente descobrir para que nasceu. Assim poderá aproveitar melhor a oportunidade desta existência. Cumprimente-se por você ter chegado até aqui, curta seus êxitos. Não espere por aprovação externa, o sinal verde deve vir de dentro. Fala-se tanto em amor. O que é amar-se? Revele a grande fotografia de sua vida. Revele-se. E sigamos com ética e alegria, para mais um dia. Podemos. Vamos!