Cacau Protásio no 'Fantástico' - Reprodução / TV Globo
Cacau Protásio no 'Fantástico'Reprodução / TV Globo
Por O Dia
Cacau Protásio usou as redes sociais nesta terça-feira (16) para contar que sua mãe, Nivalda Protásio, por pouco não caiu no golpe do falso sequestro. A atriz revelou que a dona Nivalda chegou a separar o dinheiro pedido para entregar aos criminosos, que diziam ter sequestrado a irmã de Cacau. No entanto, a matriarca acabou se livrando do golpe graças a um taxista que não a levou ao encontro dos falsos seqüestradores.
Ontem, minha mãe recebeu uma ligação 21h, de um sequestrador dizendo que estava com a minha irmã. E aí eles colocam aquelas vozes dizendo: 'mãe, socorro, pelo amor de Deus' e a mãe fica desesperada. Nisso, a minha mãe ficou a noite inteira com eles no telefone e hoje de manhã falaram pra minha mãe levar o dinheiro (do suposto resgate) lá na Rio Petrópolis. Mas graças a Deus e a um taxista abençoado, quando minha mãe entrou no táxi ela começou a falar o que tinha acontecido, que tinham sequestrado a filha dela. Na hora o taxista pegou minha mãe e levou para a delegacia. Ele viu que minha mãe estava transtornada e desesperada e levou ela pra dentro da delegacia", conta a atriz.
Publicidade
Cacau disse que mesmo na delegacia, o telefone de sua mãe não parava de tocar. "Eles continuaram a ligar para o telefone da minha mãe. Nesse meio tempo, eu e minha irmã estávamos na rua procurando minha mãe, porque quando chegamos na casa da minha mãe os vizinhos tinham dito que ela havia saído desesperada pra pagar seu resgate. O delegado falou com o meu marido e aí ele me ligou, eu avisei a minha irmã e fomos lá pra delegacia pra registrar queixa". 
Por fim, a atriz deixou um alerta para que mais pessoas não caiam no golpe. "Gente, se ligarem pra vocês, mães, tias, dizendo 'tá sequestrada', não continua. Desliga a ligação. Tá acontecendo muito isso, a delegada falou. Seqüestradores ligando de mentira. Isso é muito sério e precisamos estar ligados. Quero agradecer à DAS (Delegacia Antissequestro) e à Polícia Militar, que super ajudou a gente, e esse taxista abençoado que eu não sei quem é, mas eu vou lá no ponto de táxi falar com ele".
Publicidade