Deus é amor

Celebramos hoje a solenidade da Santíssima Trindade

Por Padre Omar

Celebramos hoje a solenidade da Santíssima Trindade, que apresenta a nossa contemplação e adoração à vida divina do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Na Trindade reconhecemos também o modelo da Igreja, a qual fomos chamados para nos amar como Jesus nos amou. O amor é o sinal concreto que manifesta a fé em Deus Pai, Filho e Espírito Santo.
Somos todos chamados a testemunhar e anunciar a mensagem que Deus é amor, que Deus não está distante nem é insensível às nossas vicissitudes humanas. Ele está próximo de nós, sempre ao nosso lado, caminha conosco partilhando as nossas alegrias e dores, esperanças e desânimos.
Vivemos tempos difíceis com as incertezas provocadas pela pandemia do coronavírus. Muitas pessoas que sempre foram entusiasmadas se encontram entristecidas, deprimidas. É preciso reascender a chama do amor de Deus dentro de nós, para enfrentar os medos e as dificuldades. Vamos nos manter firmes na fé, na certeza de que Deus está conosco.
Deus nos ama tanto a tal ponto que se fez homem, veio ao mundo não para julgar, mas para que o mundo se salve por meio de Jesus. Este é o amor de Deus em Jesus, este amor tão difícil de entender, mas que o sentimos quando nos aproximamos de Jesus. Ele nos perdoa sempre, nos espera sempre, nos ama muito.
O Espírito Santo, dom de Jesus Ressuscitado, nos comunica a vida divina e nos faz entrar, desse modo, no dinamismo da Trindade, que é amor, comunhão, serviço e partilha. Uma pessoa que ama os outros pela própria alegria de amar é reflexo da Trindade.
Uma família na qual todos se amam e se ajudam uns aos outros é um reflexo da Trindade. Quem nesses tempos de pandemia se coloca a serviço é também um reflexo da Trindade.

Comentários