Servidores vão atrás de assinaturas de deputados para emplacarem emendas à PEC 6

Integrantes do Fonacate vão aproveitar movimentação na Comissão Especial da Câmara para angariar apoio às suas propostas de adivitos à Reforma da Previdência

Por PALOMA SAVEDRA

Comissão Especial para tratar da PEC 6 foi instalada na quinta-feira
Comissão Especial para tratar da PEC 6 foi instalada na quinta-feira -
A Comissão Especial que analisa a Reforma da Previdência na Câmara dos Deputados abre os trabalhos desta semana com uma discussão, nesta terça-feira, sobre os regimes próprios de previdência da União, estados e municípios, que abrangem os servidores. Integrantes do Fonacate vão aproveitar a movimentação na Casa Legislativa para colher mais assinaturas favoráveis às 10 emendas à PEC 6 que elaboraram — como a Coluna informou em 26 de abril.
Para os aditivos emplacarem na comissão, são necessárias 171 assinaturas de parlamentares. E, segundo o presidente do Fonacate, faltam, em média, 70 deputados subscreverem as emendas.
O fórum sugere a criação de uma regra de transição ao funcionalismo civil igual a que foi proposta para as Forças Armadas. Ou seja, um pedágio de 17% sobre o tempo que falta para a aposentadoria. Eles também pedem que se mantenham as idades mínimas e seja retirada a capitalização.

Comentários