Déficit de cerca de R$ 10 bilhões para 2020 no Estado do Rio preocupa servidores

Apreensão é sobre pagamento de salários

Por PALOMA SAVEDRA

Governador Wilson Witzel trabalhará em 2020 com um déficit orçamentário de pouco mais de R$ 10 bi
Governador Wilson Witzel trabalhará em 2020 com um déficit orçamentário de pouco mais de R$ 10 bi -

O governo Witzel entregou ontem à Alerj a proposta de Lei Orçamentária Anual (LOA) 2020, com déficit de cerca de R$ 10 bilhões. A receita líquida foi estimada em torno de R$ 70 bilhões e a despesa em R$ 80 bilhões.

O 'buraco' orçamentário já preocupa servidores. O temor é de que ocorram atrasos salariais, como em 2016 e 2017, apesar de o secretário de Fazenda, Luiz Cláudio Carvalho, ter afastado esse risco.

Presidente da Comissão de Orçamento, Rodrigo Amorim (PSL) disse que a Casa vai trabalhar com o Executivo para apresentar um orçamento real, e com garantias aos servidores.

Sobre a ideia de um amplo Programa de Demissão Voluntária (PDV), que a LDO de 2020 indicava, não há mais previsão na LOA para esse projeto — não na mesma proporção que se pensava antes.

 

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários