Educação estadual pagará nova leva de quinquênios a professores

Últimos trâmites são feitos pelo governo para garantir a liberação dos pagamentos; concursos também estão previstos

Por PALOMA SAVEDRA

Unidades da rede pública do Estado do Rio entrarão em recesso na próxima segunda-feira
Unidades da rede pública do Estado do Rio entrarão em recesso na próxima segunda-feira -
Está perto de ser liberado mais um quinquênio — progressão funcional a cada cinco anos de serviço — a professores da rede pública do Estado do Rio. À coluna, o titular da Secretaria de Educação, Pedro Fernandes, afirmou que essa próxima leva de pagamentos vai alcançar os educadores que seguem na fila de espera desde setembro de 2019, quando foi concedida a mesma progressão a 14.304 profissionais que lecionam nas escolas estaduais.
"O processo (administrativo) para autorização do quinquênio já passou pela Casa Civil e, hoje (ontem), estou enviando para a Fazenda, para que a secretaria efetue o pagamento", afirmou Fernandes.
Questionado, o secretário declarou que não há ainda como precisar a data em que isso acontecerá, já que outra pasta ficará responsável pelo pagamento. Mas que em breve as progressões vão sair do papel.
Além disso, Fernandes acrescentou que o número de professores que estão aguardando esse pagamento está sendo levantado. 
Concurso público
Além do quinquênio, a abertura de concursos públicos é reivindicação frequente dos professores estaduais e das entidades que representam a categoria. A coluna também indagou o secretário sobre o assunto. Fernandes respondeu que um processo seletivo para novos servidores da pasta já está encaminhado.
A ideia, segundo ele, é fazer para regiões e disciplinas pontuais com déficit de educadores. O secretário ressaltou ainda que as unidades escolares da Baixada Fluminense são as que mais necessitam professores. 

Comentários