Efeito coronavírus: Câmara adia cobrança de R$ 20 milhões de dívida da Prefeitura do Rio

Município chegou a pagar no início deste mês o valor devido, mas a Casa 'devolverá' diante do impacto econômico causado pela Covid-19

Por O Dia

Presidente Jorge Felippe
Presidente Jorge Felippe -
Os efeitos da pandemia do coronavírus na economia também estão levando a Prefeitura do Rio a ‘se mexer’. O governo municipal está elaborando alguns projetos para reforçar seu caixa. Além disso, a Câmara dos Vereadores decidiu prorrogar a cobrança do pagamento de uma dívida de R$ 20 milhões que o Executivo tem com o Legislativo carioca, sem prazo determinado para quitá-la.
O presidente da Câmara, Jorge Felippe (MDB), disse à coluna que, na verdade, no início deste mês, a prefeitura chegou a pagar o valor que devia (referente ao valor de venda de um terreno da Câmara e a duodécimos atrasados). E que vai devolver esse pagamento exclusivamente por conta da pandemia.
“Estamos diante de duas tsunamis: na saúde e na economia”, frisou. Ele acrescentou que vai voltar a cobrar a dívida do Executivo em um período menos crítico.

Comentários