Nova Friburgo está em fase de bandeira roxa por causa da pandemia de covid-19
Nova Friburgo está em fase de bandeira roxa por causa da pandemia de covid-19Paula Valviesse
Por Sidney Rezende
Com o início da fase de bandeira roxa no município de Nova Friburgo, a prefeitura da cidade decidiu que os comerciantes vão abrir suas lojas em esquema de rodízio, de acordo com o número do CNPJ. A regra vale também para supermercados, apesar de serem considerados como serviço essencial, o que causou revolta nos donos dos estabelecimentos. Segundo eles, Nova Friburgo é a única entre os 92 municípios a adotar a abertura das lojas em dias alternados. Eles consideram que pode haver risco de desabastecimento e de aglomeração pela redução nos dias que as lojas ficarão abertas. Com receio de não conseguirem seguir protocolos sanitários com público maior, há lojistas preferindo permanecer fechados.

A PALAVRA OFICIAL

Em relação a um possível desabastecimento, a Prefeitura de Nova Friburgo esclareceu que "o novo decreto não impede que mercados, supermercados e congêneres possam receber as mercadorias dos seus fornecedores nos dias em que estes estabelecimentos não estejam autorizados a funcionar. Ressalta que os estabelecimentos podem receber mercadorias, sim, devendo, no entanto, permanecer fechados para atendimento ao público no dia em que não esteja autorizado. Reforça ainda que não há risco de desabastecimento na cidade por conta do rodízio", diz em nota. O que os supermercadistas dizem é que produtos hortifrutigranjeiros necessitam de cuidados especiais e que a distribuição segue um roteiro pré-estabelecido e que a alteração implicará ônus financeiros e dúvida sobre a manutenção da qualidade dos produtos que necessitam refrigeração e imediato consumo. A ASSERJ (Associação dos Supermercados) pediu audiência ao prefeito Johnny Maycon (Republicanos) para tentar resolver o impasse. 
Ajuda as micro, pequenas e médias empresas
Publicidade
O deputado federal Pedro Augusto (PSD) pediu ao ministro da Economia, Paulo Guedes, a emissão da Certidão Negativa de Débito para micro, pequenas e médias empresas em caso de débitos e/ou pendências tributárias junto ao governo federal durante a pandemia. O intuito é permitir que empresas possam exercer atividades como participar de licitações e obter crédito junto a instituições financeiras e, assim, evitar agravamento da crise econômica e desemprego. "É necessário fomentar a economia nesse período tão delicado que todo o país atravessa”, explica Pedro Augusto. 
ICMS de Itaboraí, Nova Iguaçu e Magé
Publicidade
Alerj autoriza regime tributário especial de ICMS para Itaboraí, Nova Iguaçu e Magé. Medida valerá desde que respeitadas as determinações do Regime de Recuperação Fiscal (RRF). Aprovado na Alerj, o projeto segue para sanção ou veto do governador em exercício, Cláudio Castro. 
Apoio a mudanças no decreto da vacina
Publicidade
Três associações de defesa dos idosos do Rio (ABRAZ RJ, APAZ e ACIERJ) e a Fiocruz divulgaram moção de apoio à Defensoria Pública e ao MP por conta da ação judicial que mudou o decreto estadual das vacinas e limitou a ampliação do grupo prioritário. Segundo o documento, "o cumprimento da agenda de vacinação preconizada pelo Plano Nacional de Imunização deve ser executado na perspectiva do atendimento às orientações prescritas pela OMS, com vista à manutenção da saúde integral de idosos saudáveis e com fragilidade, bem como dos demais segmentos sociais que necessitam do acompanhamento em integral na saúde". 
PICADINHO
Publicidade
Centro Cultural Light terá, em abril, programação voltada ao estímulo da leitura, em comemoração aos dias do Livro e do Direito do Autor. Conteúdo será divulgado nas redes sociais.

Agora é lei: cartazes de combate à pedofilia e Cyberpedofilia são obrigatórios em escolas.

A autora Cris Pimentel conversa com a editora Tais Facina sobre lançamento do seu livro "Ana: amor pelo amor", no Instagram da Sagarana Editora, hoje (10), 16h.