HQ ’Family Tree’
HQ ’Family Tree’Divulgação
Por TÁBATA UCHÔA
Uma menina de 8 anos começa a sentir uma coceira no braço. A "alergia" não dá sinais de melhora e após uma análise mais profunda chega-se a conclusão que, na verdade, a pequena Meg está se transformando em uma árvore. E mais: essa transformação vai causar uma sucessão de eventos que vão culminar no fim do mundo. Essa é a premissa de "Family Tree: Nascimento", a nova HQ de Jeff Lemire em parceria com os ilustradores Phil Hester, Eric Gapstur e Ryan Cody, que chega ao Brasil em março pela Intrínseca.
Publicidade
Angustiados com a metamorfose de Meg, a mãe, o irmão e o avô da menina partem em uma aventura em busca de respostas e uma possível cura. Mas será que existe uma cura para o que está acontecendo com Meg ou ela está se transformando no que nasceu para ser?
Este primeiro volume de "Family Tree", que em português significa "árvore genealógica", traz mistério, ação e dramas familiares. Além disso, Jeff Lemire traz sua visão de chamado "horror corporal", um subgênero do terror que é o terror causado por transformações grotescas no corpo dos personagens.
Publicidade
Com uma história rápida e cheia de ação, o primeiro volume de "Family Tree" termina com um gancho impactante, que deixa o leitor ansioso pelo próximo volume.