Claudia Raia
Claudia RaiaVinícius Mochizuki
Por Juliana Pimenta
Rio - Uma das atrizes mais celebradas da dramaturgia brasileira, Claudia Raia volta ao ar amanhã com a reprise da versão de 2010 de 'Ti Ti Ti' no 'Vale a Pena Ver de Novo', da Globo. Quase dez anos após o fim da novela, Claudia comemora a volta do folhetim de sucesso. "Eu amei receber essa notícia. Jaqueline é uma personagem tão querida por mim e pelo público. Ela é sempre muito lembrada. Foi uma novela deliciosa, mais um trabalho com meu querido parceiro Alexandre Borges, que é meu marido da ficção de tanto par romântico que fizemos juntos (risos)", se diverte a atriz, que lembra de outra parceria importante.


"Sem contar que é mais um trabalho em que fui dirigida pelo meu amigo-irmão Jorge Fernando. Vai ser uma maneira de matar a saudade que sinto dele todos os dias", conta Claudia, que revela os bastidores do universo da produção. "Eu já sou uma pessoa muito ligada à moda. Então, poder viver esse universo na novela foi uma delícia. Quando Jorge Fernando falou comigo sobre o trabalho, ele disse que queria que a minha personagem fosse a primona do Brasil. E assim foi! A Jaqueline é uma Porcina pop, extravagante, exuberante…", lembra.

Efeitos de pandemia

Aliás, uma das vantagens da reprise de 'Ti Ti Ti' é justamente trazer o humor para a casa da população brasileira, há mais de uma ano assolada pela pandemia. Claudia e a família foram contaminados pelo coronavírus em abril de 2020, conseguiram se recuperar sem sequelas, mas não imaginavam que - um ano depois - o cenário fosse estar ainda pior. "Ninguém queria imaginar isso. A gente sempre espera que vai melhorar", destaca a atriz que, aos 54 anos, reflete sobre seu comportamento na pandemia.

"Acho que manter a saúde mental é saber o que está acontecendo e se permitir sentir o momento também. Nem todo dia eu acordo bem. Tem dias difíceis e aprendi e acolher isso. Não é um processo fácil, mas é necessário. A gente não pode se cobrar estar bem 100% do tempo porque ninguém está. Às vezes, o melhor que faço por mim é ficar mais quieta com meus pensamentos, me encontrar dentro deles e pensar que vai ter um novo dia. Não é à toa que o nome do meu livro de memórias é 'Sempre Raia Um Novo Dia'. Isso é muito verdadeiro e, nesse momento, a gente precisa viver um dia de cada vez mesmo", conta Claudia, que revela momentos difíceis.

"Como dizem na internet, se você não deu uma surtadinha, não entendeu direito o que está acontecendo porque é uma situação desoladora. Quando que há um ano, quando tudo começou, a gente poderia imaginar que a situação estaria pior. Então, sim, tive momentos de angústia, de muita tristeza e foi como falei antes, me permiti sentir e me curar também. Seja fazendo algo que eu goste, assistindo novela ou série, lendo um livro, ajudando como posso", explica a atriz que dá detalhes do seu dia a dia.

"Minha rotina agora está sendo ficar em casa, fazer reuniões virtuais de trabalho... Vou adaptando como posso", conta Claudia, que também tem aproveitado o tempo extra em casa para rever alguns trabalhos como 'Sassaricando', no Viva, e 'A favorita', no Globoplay.

Próximos passos

E já que a tarefa é se esforçar para seguir em frente, Claudia revela seu maior desejo no momento. "Ser vacinada. Ainda não dá para dizer muito sobre planos futuros porque tudo muda o tempo todo. A ideia era voltar ao teatro, mas agora não sabemos mais quando será possível", lamenta a atriz, que espera reestrear a peça 'Conserto para Dois’' que teve a turnê nacional interrompida pela covid-19.

"Eu e Jarbas (marido) queremos muito voltar com o espetáculo. Já tentamos algumas possibilidades, mas ainda não encontramos o nosso formato para fazer o espetáculo como queremos. Então, quando estiver vacinada e a população também, quero voltar aos palcos. E também voltar ao set de gravação das novelas. Acho que nunca fiquei tanto tempo sem fazer uma novela. Também estou com saudade!", conta.