Número de pacientes infectados no estado só aumenta e sistema de saúde não dá conta de tratar a todos
Número de pacientes infectados no estado só aumenta e sistema de saúde não dá conta de tratar a todosReginaldo Pimenta
Por O Dia
Duque de Caxias - Um painel da Secretaria Estadual de Saúde indica que Duque de Caxias está com 94% de ocupação em CTI para pacientes com o novo coronavírus. Nas enfermerias exclusivas para o tratamento da doença, o número é de 92%. Os dados se referem a informações colhidas entre os dias 17 e 22 de março. De acordo com o Estado, a cidade da Baixada Fluminense tem 110 leitos de CTI e 25 leitos de enfermaria para Covid
Na última semana, Duque de Caxias entrou em risco muito alto (bandeira roxa) para Covid-19, o nível máximo da escala de cinco estágios. A avaliação leva em conta indicadores como o número de mortos na última semana, a ocupação dos leitos e a procura por atendimento. Segundo protocolos do estado, neste caso, a cidade precisa adotar medidas de distanciamento social e adoção de quarentena.
Publicidade
Cidade não terá 'superferiado'
O prefeito de Duque de Caxias, Washington Reis, afirmou, na manhã desta quarta-feira, 23, que a cidade da Baixada Fluminense não terá o 'superferiado'. Segundo Reis, a prioridade neste momento é vacinar a população. Ele destacou ainda, em entrevista para a Rádio Tupi, que Caxias conta com uma estrutura própria, como os 128 leitos de CTI no Hospital São José, mais de 30 leitos exclusivos no Moacyr do Carmo, as UPAS com seus leitos exclusivos.