Setor de beleza aposta em WhatsApp e redes sociais para fisgar clientes

Soluções foram discutidas em Fórum Digital da Beleza, que reuniu 200 pessoas no Centro do Rio. Evento contou com a presença de empresários e especialistas

Por Bernardo Costa

Fórum Digital da Beleza reúne especialista e profissionais na Bolsa de Valores do Rio
Fórum Digital da Beleza reúne especialista e profissionais na Bolsa de Valores do Rio -

Cabeleireiro, maquiador e designer de sobrancelhas, Antônio Barros está no mercado de beleza há 35 anos. Para ele, as dificuldades para manter o próprio salão em Itaboraí, região metropolitana do Rio, podem ser revertidas caso consiga utilizar a tecnologia para atrair novos clientes. Antônio esteve no Fórum Digital da Beleza, que reuniu 200 pessoas na Bolsa de Valores do Rio, na segunda-feira. Saiu de lá disposto a colocar algumas dicas em prática. O evento reuniu especialistas do setor para palestras sobre como alavancar os negócios a partir de dispositivos inovadores e estratégias nas mídias digitais. "Já faço postagens em grupos específicos no Facebook. Mas vou começar a utilizar o WhatsApp também para oferecer promoções aos clientes. Preciso me atualizar, pois todas essas ferramentas são muito novas", explicou o profissional.

Antônio Barros (ao lado) pretende utilizar o WhatsApp para se comunicar com clientes. Já Renato Simões e Camila de Oliveira (acima) decidiram implantar um aplicativo para agendamento de serviços - Tulio Thomé/Divulgação

A necessidade de usar o aplicativo de mensagens a serviço do salão foi uma das iniciativas citadas pelos palestrantes. Para Cristina Borges, diretora de Comunicação & Digital da L'Oréal, é fundamental que os gestores do salão de beleza ou profissionais autônomos produzam conteúdo para smartphone. "Se você não aparecer no celular dos clientes, você não existe. Converse com eles, avise que chegou uma coleção nova de produtos no salão ou que é hora de mudar o look para o verão... Enfim, há diversas informações que podem ser compartilhadas. E, assim, manter o relacionamento e criar intimidade com os clientes", orientou.

SERVIÇOS PERSONALIZADOS

Esse tipo de comunicação, comentou Wilsa Sette, coordenadora nacional de higiene e cosméticos do Sebrae, contempla uma tendência no setor de varejo: oferecer serviços personalizados. Para tanto, explicou a especialista, é necessário reunir o máximo de informações possíveis sobre cada cliente. "O dia do aniversário, quantas vezes vai ao salão por mês, quais serviços utiliza e qual é o gasto médio em cada visita ao salão. Com esses dados, é possível criar um grupo com clientes VIP e oferecer vantagens para que eles se envolvam ainda mais", exemplificou.

Fórum Digital da Beleza reúne especialista e profissionais na Bolsa de Valores do Rio - Tulio Thomé / Divulgação

Em relação aos agendamentos, Wilsa Sette falou sobre a importância de os salões desenvolverem seus próprio aplicativos. "Se você não inovar, o seu concorrente vai", alertou Wilsa.

A dica serviu para Camila de Oliveira e Renato Simões, do salão Estúdio 114 Beauty Hair, na Barra. "Nós temos uma plataforma que auxilia a organizar os atendimentos. O serviço pertence a uma empresa e oferece um app para marcação. Mas ainda não o ativamos. Estamos decididos a agir", disse Camila.

Richard Klevenhusen, sócio do Grupo Paradiso, mostrou as novas tecnologias para o setor. Uma delas foi um dispositivo que, fixado na porta do salão, permite comunicação via celular com os transeuntes. "Basta posicionar o celular para ter acesso, na tela, a promoções e outros serviços", orientou.

Galeria de Fotos

Fórum Digital da Beleza reúne especialista e profissionais na Bolsa de Valores do Rio fotos Tulio Thomé/Divulgação
Antônio Barros (ao lado) pretende utilizar o WhatsApp para se comunicar com clientes. Já Renato Simões e Camila de Oliveira (acima) decidiram implantar um aplicativo para agendamento de serviços Tulio Thomé/Divulgação
Fórum Digital da Beleza reúne especialista e profissionais na Bolsa de Valores do Rio Tulio Thomé / Divulgação

Comentários

Últimas de Empregos e Negócios