A Comunidade Católica Gerando Vidas tomou todas as medidas de precaução e suspendeu atendimento presencial - Ricardo Cassiano
A Comunidade Católica Gerando Vidas tomou todas as medidas de precaução e suspendeu atendimento presencialRicardo Cassiano
Por O Dia
Publicado 09/11/2020 15:11 | Atualizado 09/11/2020 15:13
Rio - Para quem está à procura de uma oportunidade de emprego para retornar ao mercado de trabalho, a prefeitura do Rio e a Comunidade Católica Gerando Vidas estão com vagas abertas nesta semana. São 887 vagas e as maiores chances são para os setores de Comércio e Serviço. 
A Comunidade Católica Gerando Vidas, por exemplo, oferece 602 oportunidades de emprego. Há chances para os cargos de auxiliar de loja, operador de loja, vendedor, operador de caixa, recepcionista, padeiro, dedetizador, motorista e atendente. Entre as oportunidades há exclusivamente vagas temporárias para o período de fim de ano. 
Publicidade
Para se inscrever em uma das vagas oferecidas, o interessado precisar ficar de olho na página do Facebook da Comunidade Gerando Vidas (https://www.facebook.com/sougerandovidas). É por lá que eles publicam com um dia de antecedência o link de inscrição. O primeiro contato é através de e-mail ou WhatsApp para só assim ser encaminhado para uma entrevista presencial.
Já a prefeitura do Rio, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento, Emprego e Inovação (SMDEI), disponibiliza nesta segunda-feira um total de 285 vagas para o mercado de trabalho. Até quem não tem experiência pode se inscrever em busca de uma colocação. Há oportunidade para repositor, motorista de caminhão, operador de supermercado, auxiliar de loja, eletricista, serralheiro, entre outros. 
Publicidade
Quem estiver no perfil sugerido deve enviar e-mail para captacaodevagas.smdei@gmail.com. Para as vagas destinadas a pessoas com deficiência, os candidatos devem encaminhar mensagem para trabalhopcdsmdt@gmail.com

Vale lembrar que as vagas podem expirar e sair do sistema em função da quantidade de encaminhamentos já realizados e/ou do fim do prazo estipulado pelo empregador.

Não há possibilidade de encaminhamento de pessoas sem deficiência para vagas exclusivas de pessoas com deficiência e reabilitadas do INSS.