Pezão deixa em Vegas o sonho do cinturão

Brasileiro perde para o campeão Velasquez; Cigano vence e vai lutar pelo cinturão dos pesados contra o rival americano

Por fabio.klotz

Estados Unidos - O que acontece em Vegas, fica em Vegas. O ditado popular americano ilustra bem o que aconteceu na luta principal do UFC 160, neste sábado, nos EUA. Empurrado pela torcida, o americano com descendência mexicana Cain Velasquez colocou seu cinturão dos pesos-pesados em jogo, no MGM Arena, e sequer foi ameaçado. Antonio Pezão Silva sonhou em roubar o título de uma das categorias mais disputadas do MMA mundial, mas um nocaute técnico, ao 1min21s, o trouxe de volta à realidade. Velasquez, agora, terá pela frente o também brasileiro Junior Cigano, que derrotou Mark Hunt na segunda luta mais importante da noite.

Cigano acerta chute para derrubar HuntDivulgação

A vitória do peso-leve Donald Cerrone abriu o card principal do Ultimate 160. O cowboy dominou o estreante KJ Noons e obteve a vitória por decisão unânime dos jurados (30 a 27, 30 a 27 e 30 a 26). Na sequência, TJ Grant surpreendeu ao aplicar três knockdowns em Gray Maynard e derrotar o favorito por nocaute técnico, aos 2min07s do primeiro round.

A primeira vitória brasileira no octógono veio em grande estilo e através do meio-pesado Glover Teixeira. O brasileiro controlou o combate do início ao fim e finalizou com uma guilhotina, aos 2min28s do primeiro round, o neozelandês James Te-Huna. O resultado enlouqueceu a torcida verde e amarela nas arquibancadas e mereceu saudação do ídolo do boxe Mike Tyson, que cumprimentou Glover após a luta.

Mas a galera foi mesmo ao êxtase na entrada de Junior Cigano. O peso-pesado foi aplaudido de pé e não decepcionou. Com um inesperado chute rodado de direita, o catarinense acertou a cabeça de Mark Hunt, aos 4min18s do terceiro round, e comemorou a vitória que o leva à disputa do título.

"Hunt é um cara duro, além de ser um cara legal. Gosto de enfrentar gente assim. Só sei que eu venci e quero o cinturão", afirmou Cigano, ainda no octógono, após a luta.

No clímax da noite, Velasquez, com o apoio da galera, fez o que dele se esperava e manteve o cinturão dos pesos-pesados com um nocaute técnico logo a 1min21s. Pezão não conseguiu conectar sequer um golpe e foi presa fácil para o americano, absoluto na divisão. Velasquez é reverenciado como um dos melhores do mundo após o trinfo, mas não terá tanto tempo para comemorar. Seu próximo adversário será Junior Cigano, em luta a ser marcada pelo Ultimate.

* O repórter viaja a convite do evento

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia