Vettel domina o GP da Itália e dispara na liderança do Mundial de Fórmula 1

Alemão da Red Bull sai na pole e se mantém na ponta para vencer pela sexta vez na temporada. Massa larga bem, mas fica sem pódio

Por tabata.uchoa

Itália - O alemão Sebastian Vettel ampilou para a corrida o domínio mostrado no treino classificatório e venceu neste domingo o GP da Itália de Fórmula 1, 12ª etapa da temporada. O piloto da Red Bull, atual tricampeão da categoria, chegou ao sexto triunfo no ano, ampliando ainda mais a liderança no Mundial de Pilotos - tem agora 222 pontos, contra 169 do espanhol Fernando Alonso, segundo colocado em Monza com a Ferrari. O australiano Mark Webber, também da Red Bull, completou o pódio.

Sebastian Vettel venceu neste domingo o GP da Itália de Fórmula 1Efe

Ameaçado por uma possível demissão na Ferrari no fim do ano, Felipe Massa fez uma boa prova. Terceiro no grid, pulou para o segundo lugar com uma largada agressiva, mas as estratégias de corrida não funcionaram e o brasileiro terminou em quarto. Pela ordem, Nico Rosberg (Mercedes), Daniel Ricciardo (Toro Rosso), Romain Grosjean (Lotus), Lewis Hamilton e Jenson Button, ambos da McLaren, completaram a zona de pontuação.

A próxima etapa do Mundial de Fórmula 1 está marcada para 22 de setembro, em Cingapura.

A corrida

Vettel sofreu algum tipo de ameaça apenas na largada, quando viu do retrovisor Massa e Webber partirem muito bem. O alemão chegou a fritar pneus na primeira curva em Monza, mas segurou a liderança e só a perdeu ao fazer seu pit stop, para logo recuperá-la quando Alonso parou nos boxes.

A corrida no veloz circuito italiano, no entanto, não teve grandes emoções, com exceção de alguns carros se tocando após a largada.

Ao cruzar a linha de chegada após 53 voltas, Vettel garantiu sua terceira vitória em Monza - por coincidência, onde triunfou pela primeira vez na Fórmula 1, em 2008. O domínio na corrida levou Adrian Newey, engenheiro da Red Bull, às lágrimas.

Com o resultado, o alemão chegou a 32 triunfos na carreira, igualando-se a Alonso como o quarto da história em vitórias na Fórmula 1.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia