Real Madrid cala caldeirão turco e estreia com goleada na Liga dos Campeões

Com atuação coletiva impecável, Merengues não tem dificuldades para fazer 6 a 1 no Galatasaray fora de casa

Por ulisses.valentim

Turquia - Se não há nada melhor que estrear numa competição com vitória, imagina então iniciar um torneio com uma goleada? Esse é o sentimento do Real Madrid, que não tomou conhecimento do Galatasaray em plena Türk Telekom Arena lotada e aplicou sonoros 6 a 1 nos turcos. Os gols da partida foram marcados por Isco, Benzema(2) e Cristiano Ronaldo, foi à rede três vezes para o time espanhol e Umut Bulut descontou para os donos da casa.

Com o resultado, os Merengues pulam para a ponta do grupo B, com três pontos e na próxima rodada da Liga dos Campeões recebem o Copenhague no Santiago Bernabéu. O Galatasaray amarga a lanterna do grupo, com nenhum ponto ganho, e na próxima jornada tem um confronto duro contra a Juventus, no Juventus Stadium.

Cristiano Ronaldo foi o destaque da partida com três gols e uma assistênciaReuters

O jogo

Se valendo de ter uma das torcidas mais barulhentas e presentes no mundo, o Galatasaray foi para cima buscando a revanche da última Liga dos Campeões, quando foi eliminado pelo Real Madrid nas quartas de final. Logo com dois minutos de partida Felipe Melo avançou livre pelo meio e soltou a bomba de fora da área, mas Casillas se esticou todo e espalmou para fora. Quando a fase não é boa para o goleiro titular da seleção espanhola, nada ajuda. O jogador deixou o campo com um problema nas costas, após choque com Sergio Ramos aos 14 minutos. Aos 19, No contra-ataque do Real Madrid, Benzema evitou a saída de bola e toca para Cristiano Ronaldo, que driblou Chedjou e caiu na área pedindo pênalti. Di María fica com a bola, cortou para o meio e bateu colocado, mas a bola passou por cima do gol de Muslera.

Aos 29, Felipe Melo quase abriu o placar. Em cobrança do escanteio, o volante brasileiro cabeceou no canto esquerdo, mas Diego López, sempre ele, fez ótima defesa e evitando o gol. Quando todos pensavam que o time turco abriria o placar, os merengues foram à rede. Com 32 minutos, após lançamento longo de Di María, Isco dominou com muita categoria tirando de dois defensores e, livre dentro da área, bateu no canto direito de Muslera, sem chance para o goleiro, a bola ainda bateu na trave antes de entrar no gol. Era um balde de água fria para o time de Istambul. Com o gol marcado, o Real Madrid teve a tranquilidade que precisava para tocar a bola e esfriar os ânimos do Gala, e assim esperou o apito do juiz para terminar o primeiro tempo.

Isco comemora o primeiro gol da partidaReuters

No começo da segunda etapa Muslera evitou que a vantagem do Real Madrid fosse ampliada. Primeiro, ele sau bem nos pés de Benzema, que havia ficado livre na pequena área. Na sequência, o arqueiro pulou bonito para defender o belo chute de Cristiano Ronaldo. Mas a superioridade técnica do time merengue falou mais alto. Aos 9 minutos, Benzema recebe ótimo passe de Di María, avançou livre para chutar na saída do goleiro turco e ampliar o placar para os merengues. Em seguida, O Galatasaray tentou responder. Sneijder lançou Amrabat pela esquerda, mas o cruzamento do atacante foi bloqueado por Pepe antes de chegar a Inan. Mas, estava faltando um dos melhores jogadores do mundo aparecer. Após tentar duas vezes, Cristiano Ronaldo finalmente deixou o seu na partida. Aos 18, Di María recebeu ótimo passe de Carvajal, driblou Muslera e cruzou para a área. Isco tocou de cabeça, e a bola sobra para CR7, que completou para o gol.

Casillas saiu machucado aos 14 minutos da primeira etapaReuters

Para fechar o caixão turco, o jogador português mais uma vez marcou. Com 21 minutos, após cobrança de falta de Bale, Sergio Ramos cabeceou, Muslera espalmou, e CR7 mandou para o fundo das redes. Mostrando que foi o melhor da partida, Ronaldo também fez papel de garçom no jogo. Aos 36, o português invadiu a área pela esquerda e cruzou rasteiro para Benzema, que só  teve o trabalho de escorar para o fundo das redes. Em uma goleada clássica não pode faltar o gol de honra, ele chegou no final da partida. Com 39 minutos, Bulut completou cruzamento da direita de Sneijder, sem chance para Diego López, e fez o gol dos anfitriões, o que não diminuiu o vexame turco. Encerrando com chave de ouro a grande atuação do Real Madrid, um golaço do inapelável Cristiano Ronaldo. O camisa 7 merengue recebeu na esquerda, pedalou para cima de Chedjou, passou por Inan e Nounkeu e bateu de canhota, sem chance para o goleiro turco, para fazer seu Hat-Trick na partida. O resultado mostra que os Merengues tem muita lenha para queimar na Liga dos Campeões.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia