Blatter critica Catar como sede da Copa de 2022: 'A escolha foi um erro'

Altas temperaturas preocupam o presidente da Fifa

Por rafael.arantes

Suíça - Joseph Blatter não aprovou a escolha do Catar como sede da Copa do Mundo de 2022. O presidente da Fifa, desabafou, e admitiu que a escolha foi um erro da entidade. Em entrevista à RTS, o dirigente ressaltou as altas temperaturas locais como um grave problema para a disputa e ainda citou as denúncias de trabalho escravo como outra questão negativa.

"Claro que a escolha foi um erro. Mas erros são cometidos na vida. Foi feito um relatório técnico mostrando que a temperatura durante o verão no Catar é muita alto para a prática do futebol. Mesmo assim, isso não impediu uma grande maioria do Comitê Executivo da Fifa de optar pela Catar como país-sede da Copa de 2022", disse.

Blatter criticou Catar como sede da Copa de 2022Reuters

Para sediar o Mundial de 2022, o Catar venceu a disputa com Estados Unidos, Coreia do Sul, Japão e Austrália. Essa será a primeira Copa do Mundo disputada no país, mesmo com as negativas do presidente da Fifa.

A solução para as altas temperaturas pode ser a mudança no calendário. A Fifa já estuda a possibilidade de transferir a Copa de 2022 para o fim do ano, quando será inverno no Catar. Blatter e Jérôme Valcke já se mostraram a favor da ideia, que ainda será votada pelo Comitê Executivo.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia