No reencontro com o Stade de France, Brasil brilha e derrota seleção europeia

Oscar, Neymar e Luiz Gustavo fizeram os gols da Seleção

Por pedro.logato

França - O retorno do Brasil ao Stade de France foi excepcional para a equipe verde e amarela. Dezessete anos depois da derrota para a França na final da Copa de 1998, os comandados do Dunga, que esteve presente como o jogador na época, derrotaram a equipe da Europa por 3 a 1, em amistoso disputado nesta quinta-feira, em Paris.

A seleção brasileira vai para campo novamente neste domingo. O adversário será o Chile, que a equipe eliminou nos pênaltis nas semifinais da Copa do Mundo de 2014. O duelo vai acontecer em Londres.

Seleção brasileira derrotou a França por 3 a 1 em ParisReuters

O JOGO

A partida entre Brasil e França começou bem equilibrada no Stade de France. A
equipe europeia tinha mais posse de bola, mas só conseguia ameaçar a equipe verde e amarela
em jogadas aéreas. Com sete minutos, Jefferson fez uma defesa incrível depois de desvio de
Benzema.

FOTOGALERIA: No retorno a Paris, Brasil derrota França por 3 a 1

A seleção brasileira saia rápido nos contra-ataques e criou a sua primeira chance aos 19
minutos. Oscar veio arrancando desde o meio-campo e serviu Neymar, o craque do Barcelona
bateu firme, mas Mandanda fez uma bela defesa.

No lance seguinte, a França abriu o placar em uma jogada bem semelhante ao segundo gol de
Zidane marcado na decisão da Copa de 1998, no mesmo estádio. Após cobrança de escanteio,
Varane subiu mais que todo mundo na zaga brasileira e tocou sem chances de defesa para
Jefferson

Carrasco do Brasil%2C Zidane esteve em campo antes do jogo Reuters

O gol fez a Seleção sentir e recuar na partida. A França passou a criar mais oportunidades
e as trocas de bola entre Firmino e Neymar rarearam. Porém, quando vivia o seu momento mais
complicado no jogo, o Brasil chegou ao seu empate. Oscar recebeu passe de Neymar e tocou de
biquinho vencendo o goleiro Mandanda.

O Brasil voltou mais ligado para o segundo tempo. Com quatro minutos, Luiz Gustavo recebeu
de Elias e finalizou para boa defesa de Mandanda. Só que aos 11 minutos não teve jeito.
Willian puxou contra-ataque e serviu Neymar, o camisa 10 da Seleção recebeu e fulizou o
goleiro francês para colocar o time verde e amarelo na frente. O tento foi o 43º de Neymar pela Seleção, igualando o jovem aos tricampeões do mundo, Jairzinho e Rivelino.

O gol embalou o Brasil que foi para cima. Após bela jogada e Neymar, Oscar finalizou forte e Mandana fez bela defesa. No lance seguinte, após cobrança de escanteio, Luiz Gustavo subiu mais que todo mundo e fez o terceiro gol da Seleção no Stade de France.

O confronto seguiu aberto até o fim. O Brasil teve a chance de fazer mais um com Willian, a França quase diminuiu com Benzema, mas o placar seguiu sem nenhuma modificação até o fim e a vitória brasileira foi concretizada em Paris.

FICHA TÉCNICA
FRANÇA 1X3 BRASIL

Local: Stade de France, em Saint-Denis (FRA)
Data-hora: 26/03/2015, às 17h (de Brasília)
Árbitro: Nicola Rizzoli (ITA)
Gols: Varane (21/'1ºT), Oscar (40'/1ºT), Neymar (12'/2ºT), Luiz Gustavo (23'/2ºT)
Cartões amarelos: -
Cartões vermelhos: -

FRANÇA: Mandanda, Sagna, Varane, Sakho e Evra; Sissoko (Kondogbia, 28'/2ºT), Schneiderlin, Matuidi (Giroud, 38'/2ºT) e Valbuena (Payet, 36'/2ºT); Griezmann (Fekir, 28'/2ºT) e Benzema. Técnico: Didier Deschamps

BRASIL: Jefferson, Danilo, Thiago Silva, Miranda e Filipe Luís; Luiz Gustavo (Fernandinho, 44'/2ºT), Elias (Marcelo, 46'/2ºT), Oscar (Souza, 40'/2ºT) e Willian (Douglas

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia