Bartomeu afirma que antecipou chegada de Neymar por pedido de Vilanova

Em depoimento à justiça, presidente do Barcelona comentou que antecipou a contratação do brasileiro e atribui motivo ao ex-treinador do clube espanhol, que foi morto em 2004

Por jessica.rocha

Espanha - Em depoimento à justiça feito no mês passado, o presidente do Barcelona, Josep María Bartomeu, atribuiu ao treinador Tito Vilanova, morto em 2014, a antecipação da contratação do atacante Neymar, o que encareceu a operação, segundo áudio vazado pela rádio espanhola "Cadena SER".

Ao juiz da Audiência Nacional espanhola, Pablo Ruz, o dirigente declarou que, junto ao então mandatário do Barça, Sandro Rosell, visitou Vilanova "doente" e "em tratamento de quimioterapia" em 2013, e os dois aceitaram o pedido do técnico, na época afasto do comando da equipe catalã para se tratar.

Presidente do Barcelona atribui chegada de Neymar a pedido de ex-treinadorReuters

"O pedido de Tito Vilanova foi antecipar a chegada de Neymar", revelou Bartomeu, que também disse ao juiz que foi Rosell quem liderou as negociações com o pai e empresário de Neymar.

Após o vazamento do depoimento, o atual mandatário do clube catalão tentou se explicar nesta sexta-feira e fez questão de isentar Vilanova de culpa pelos custos da negociação.

"Desde 2011, (Neymar) era um pedido dos técnicos, e Sandro Rosell conseguiu a contratação para 2014. Os técnicos pediram que fosse antecipada, mas de forma alguma Tito Vilanova é o responsável (pelo custo elevado), e o que está claro é que ele não se equivocou no pedido", defendeu-se.

Após a conclusão da instrução do caso que investiga possíveis irregularidades na contratação do craque brasileiro, Ruz propôs que o atual presidente do Barcelona e seu antecessor sejam julgados, assim como o próprio clube, por delitos fiscais e de administração desleal na operação. No último dia 23, a Procuradoria Anticorrupção pediu dois anos e três meses de prisão para Bartomeu, e sete anos e seis meses para Rosell.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia