Com nota bem curta, CBF afirma que compreende renúncia de Joseph Blatter

Suíço afirmou nesta terça-feira que vai deixar comando da Fifa

Por pedro.logato

Rio - Com uma nota de apenas duas frases, a CBF se pronunciou sobre a renúncia de Joseph Blatter. Em seu site oficial, a entidade máxima do futebol brasileiro afirmou compreender a saída do ex-presidente da Fifa.

"A CBF recebeu o anúncio da renúncia do presidente Joseph Blatter com surpresa. É uma decisão de caráter pessoal e que merece a nossa profunda compreensão", disse a nota.

CBF se pronunciou sobre saída de Joseph BlatterReuters

LEIA MAIS: Joseph Blatter renuncia a presidência da Fifa

Não é a primeira vez que a Confederação Brasileira de Futebol é econômica com as palavras em uma nota oficial. Na pisão do expresidente José Maria Marin, a entidade também não disse muito, nem sequer citando o nome do dirigente na nota.

Renuncia de Blatter

Joseph Blatter anunciou nesta terça-feira que está colocando o seu cargo à disposição e renunciando do seu posto na presidência. O suíço convocou um congresso extraordinário, a ser realizado o "mais rápido" possível, para eleger seu sucessor no comando da entidade máxima do futebol.

LEIA MAIS: Romário comemora decisão de Blatter e pede a renúncia de Del Nero da CBF

Ainda em seu pronunciamento, Blatter avaliou os seus 14 anos no comando da Fifa e disse amar o futebol. O dirigente fez um balanço do último pleito, ocorrido contra o príncipe jordaniano Ali bin al-Hussein. Segundo ele, a eleição foi apertada e isso mostrou que ele já não estava sendo apoiado pelo mundo do futebol.

Blatter também disse que tentará limitar o tempo de mandato tanto da presidência quanto de membros do comitê executivo da Fifa. O dirigente suíço também afirmou que sua luta, agora, será por mais transparência na entidade.

Também ficou definido que Domenico Scala será o presidente do comitê eleitoral da Fifa e responsável pela organização do próximo pleito que será feito entre dezembro e março de 2016.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia