Romário não poupa críticas a Dunga e diz: 'Convocação pertence aos agentes'

Senador falou que as escolhas do técnico da seleção para compor o elenco são baseadas em interesses de terceiros

Por renata.amaral

Rio - Companheiros de seleção brasileira no título mundial de 1994, Romário e Dunga seguiram por caminhos diferentes após suas carreiras dentro dos gramados. Enquanto o Baixinho ingressou na política, o ex-capitão se tornou técnico. Os rumos opostos levaram os dois a divergir em alguns assuntos. Acostumado a polêmicas, o ex-camisa 11 não poupou críticas ao amigo devido a suas recentes convocações para defender o Brasil.

"Os problemas são refletidos nas convocações. Dunga é meu amigo, mas não é a sua hora. Não convoca-se mais os melhores, há interesses por trás. O diretor é Gilmar Rinaldi, que, até um dia antes de sua nomeação, era um agente de jogadores. Uma provocação! Você viu a convocação? Todos pertencem aos empresários que lucram com convocações. É evidente para todos", disse ao 'Gazzetta dello Sport', da Itália, e completou:

"A 100%. Eu acho que ele nem mesmo faz convocações como ele gostaria. Dunga está envolvido nessa sujeira da CBF. Eu não sei se ele está sujo, se participa, mas está vendo tudo. Não é nem cego nem estúpido. O que está acontecendo não é bom, e ele está participando. Não deveria voltar como treinador, não é mais seu tempo desde que perdeu a Copa do Mundo de 2010. A era pós-Scolari era uma oportunidade para renovar o ambiente."

Romário falou sobre convocações de DungaReuters

Presidente da CPI do Futebol, que investiga irregularidades do esporte no Brasil, Romário não cansa de disparar contra as autoridades. Segundo ele, Joseph Blatter, atual presidente da Fifa, está na mira para que também seja preso, tal qual outros dirigentes da entidade.

"A Fifa é corrupta e dentro dela há um cartel. Alguns deles foram presos e outros logo serão. Eu espero e rezo todos os dias para que Blatter seja um deles", afirmou. O Baixinho ainda falou sobre a candidatura de Zico à presidência da Fifa.

"Quando Zico anunciou sua candidatura, disse que era uma boa opção, mas acredito que não está pronto. O que é certo é que não está corrompido e por isso meu voto é dele. Mas não terá nenhuma chance, a CBF não o apoia", finalizou.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia