Mais Lidas

Após declarar nojo do futebol, Diego Maradona retoma carreira de treinador

Ídolo argentino comandará o Al-Fujairah, depois de passar quase cinco anos afastado do esporte, desde que foi demitido do Al-Wasl

Por gabriel.santos

Emirados Árabes - O argentino Diego Armando Maradona está de volta ao mundo do futebol. Depois de abandonar a carreira de treinador, o ex-jogador anunciou, em suas redes sociais, que treinará o Al-Fujairah, da segunda divisão dos Emirados Árabes Unidos.

Maradona fez o anúncio em suas redes sociaisReprodução / Facebook

Maradona não trabalha com o esporte desde julho de 2012, quando foi demitido do comando do Al-Wasl, também dos Emirados Árabes. Quase cinco anos depois, assinou contrato de um ano com o Al-Fujairah, assumindo a missão de levar o time à primeira divisão local.

A decisão do argentino pode ser considerada surpreendente, uma vez que Maradona havia afirmado, em 2013, que não voltaria mais a trabalhar no futebol, por conta da demissão de Matias Almeyda, então técnico do River Plate-ARG.

"Me dá nojo que faltem ao respeito assim com pessoas como Almeyda, que é um senhor. Não quero trabalhar mais no futebol, me dá nojo. Não quero voltar a isso", disse o ex-craque, em entrevista à Radio Nacional Argentina.

Como jogador, Maradona é considerado um dos maiores de todos os tempos. No entanto, sua carreira como técnico não é das mais celebradas, com passagens pela seleção da Argentina e pelo Al-Wasl.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia