Mais Lidas

Zidane exalta bom momento do Real e garante: 'Não há pressão na final'

O treinador, porém, descarta qualquer favoritismo para a equipe espanhola

Por pedro.logato

País de Gales - Acostumado a grandes decisões, Zinedine Zidane mostrou toda sua tranquilidade na última entrevista coletiva antes da final da Liga dos Campeões contra a Juventus, sábado, às 15h45 (de Brasília), em Cardiff. Nesta sexta-feira, o treinador do Real Madrid celebrou o momento que a equipe vive antes da final, embalado pelo título do Campeonato Espanhol.

"Estamos preparados. Para chegar aqui, trabalhamos muito. Além disso, ganhamos o Espanhol. Estamos em um momento muito bom e agora vamos jogar esta merecida final. O mais importante é que estejamos preparados para jogar esta partida", declarou.

Zidane se prepara para a final da Liga dos CampeõesEfe

Justamente pela ótima temporada e por ter conquistado a Liga dos Campeões na temporada passada, Zidane vê o Real tranquilo para a final de sábado. O treinador, porém, descarta qualquer favoritismo para a equipe espanhola.

"Não há pressão. O Real vive com esta pressão sempre. Eu vivi como jogador e como treinador. Todos sabemos o que é este clube. Dizem que somos favoritos, mas o futebol não é assim. É uma final, e em uma partida pode acontecer de tudo. Está em 50% o favoritismo. Vamos tentar o máximo possível para ganhar de novo o torneio", prometeu.

Se demonstra satisfação com o momento madrilenho, Zidane também não poupou elogios ao adversário, que conhece bem. Ex-jogador da Juventus, onde atuou no fim dos anos 1990, o francês distanciou a equipe adversária da fama de ter apenas uma boa defesa e preferiu exaltar o time italiano como um todo.

"Não sei com o que a Juventus se preocupa, acho que com todo o time do Real. A Juventus não é só defesa, apesar de defender muito bem. Mas também ataca muito bem. Sempre teve uma grande equipe, mas agora tem jogadores ofensivos muito bons", analisou

Zidane só mudou o tom tranquilo na hora de falar sobre a escalação que entrará em campo neste sábado e manteve a dúvida entre Gareth Bale, recuperado de lesão, e Isco. "Não vou dizer quem vai jogar. Eles poderiam até jogar juntos, como já disse. O importante é que todos cheguemos bem fisicamente e preparados."

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia