Jogador de futebol morre após ser atropelado em rodovia de São Paulo

Polícia Civil abriu investigação para esclarecer os fatos

Por O Dia

Tragédia aconteceu no interior de São PauloReprodução Vídeo

São Paulo - A morte de um jogador de futebol na Rodovia Governador Doutor Adhemar Pereira de Barros, na altura de Mogi Guaçu (SP), é alvo de investigação da Polícia Civil paulista. Thiago Henrique Pereira, de 32 anos, foi atropelado por um motorista que, de acordo com relato dos policiais, havia ingerido bebida alcoólica acima do permitido, após a realização do teste de bafômetro. Thiago era atleta do Ipiranga, clube da cidade.

O homem que conduzia o veículo afirmou à polícia que o jogador saiu do canteiro central em direção à pista e ele não teve tempo de desviar. O atleta, conhecido pelo apelido de 'Thiago Pelé', perdeu as duas pernas após a colisão e morreu no local antes da chegada dos médicos socorristas.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo, o motorista foi levado para a delegacia da cidade, mas foi liberado por não fugir do local do acidente e tentar socorrer a vítima. Ele vai responder por embriaguez ao volante e homicídio culposo, quando não há intenção de matar.

Últimas de Esporte