Mais Lidas

Mais uma confusão, Diego? Jornalista russa acusa Maradona de assédio sexual

Argentino teria tirado parte de sua roupa e ameaçado a repórter em hotel

Por gabriel.santos

Rússia - A Alemanha venceu a Copa das Confederações, na Rússia, sob olhares de lendas do futebol mundial, como Ronaldo Fenômeno e o argentino Diego Maradona. Após a conquista, no entanto, o ex-meia de Napoli e Boca Juniors foi acusado de assédio sexual por uma repórter russa.

Maradona é acusado de assediar jornalista na RússiaEFE

Ekaterina Nadolskaya estaria no quarto de hotel de Maradona, para realizar uma entrevista com o craque. O que se sucedeu foi muito diferente do planejado. O argentino começou a tirar a roupa e ameaçou abusar da russa, que protestou e disse que chamaria a polícia.

Por conta disso, seguranças pessoais do ex-jogador a retiraram do quarto. As informações do site 'Life' ainda afirmam que Nadolskaya acusa Maradona de ter oferecido uma quantia em dinheiro a ela.

A reportagem do site 'Globoesporte.com', que estava presente no local, presenciou a saída da jornalista do local e publicou o depoimento da russa, que explicou melhor o que aconteceu.

"Eu estava no quarto dele e simplesmente chamou a segurança, que me levantou e botou neste sofá. Quero saber por que me tiraram do quarto. Eu não entendi o que aconteceu. Eu disse que só vou sair daqui com polícia. Eu disse para ele que ia chamar a polícia, ele disse que ia chamar a segurança então. Chegou o agente dele e chamou a segurança. O segurança chegou e me tirou do quarto e me colocou nesse sofá. Ele tentou mexer comigo, por que eu não posso chamar polícia? Chegou o agente dele, começou a falar grosso comigo, jogou meu telefone no chão. Eu fiquei com medo. No quarto dele ainda tem minhas coisas, não deu tempo de arrumar a minha bolsa. Peçam para ele devolver minhas coisas", afirmou a repórter.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia