Mais Lidas

Crueldade! Jogador pode ser preso por dez anos por agredir paraplégico

Atleta ainda pode ter que pagar uma multa de US$ 10 mil (cerca de R$ 33,1 mil em valores atuais).

Por O Dia

O Dia
O Dia -

Estados Unidos - Michael Bennett, que defende o Philadelphia Eagles na NFL, foi indiciado nesta sexta-feira por empurrar um paraplégico que trabalhava na segurança do Super Bowl de 2017, em Houston. Ele pode pegar até dez anos de prisão e ter que pagar uma multa de US$ 10 mil (cerca de R$ 33,1 mil em valores atuais).

A agressão teria acontecido em uma partida entre o New England Patriots venceu o Atlanta Falcons. Bennett estava na partida como espectador para acompanhar seu irmão, Martellus Bennett, atleta do New England Patriots. Após o jogo, na tentativa que chegar ao gramado do NGR Stadium para comemorar, Michael deu um empurrão em um agende de segurança paraplégico que havia pedido para que ele acessasse o campo por outra entrada.

“Como resultado do indiciamento, um mandado foi expedido para a prisão de Bennett”, disse o comunicado publicado pelas autoridades policiais do condado de Harris, no Texas. “A promotoria trabalha com os representantes de Bennett a respeito de sua rendição.”

Formado pela Universidade Texas A&M, Bennett chegou à NFL em 2009 pelo Seattle Seahawks. Desde então, passou por Tampa Bay Buccaneers (2009 a 2012), novamente pelos Seahawks (2013 a 2017) e pelo Philadelphia Eagles, pelo qual atuará em 2018. Pelo time de Seattle, venceu o Super Bowl da temporada 2013 diante do Denver Broncos.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Galeria de Fotos

O Dia O Dia
Michael Bennett pode ser preso Divulgação

Comentários