Renê teve boa atuação contra o Grêmio - Gilvan de Souza/Flamengo
Renê teve boa atuação contra o GrêmioGilvan de Souza/Flamengo
Por O Dia

Rio - Depois de muita polêmica na sexta-feira, quando afirmou que o lateral-esquerdo Renê sofre preconceito no Flamengo por ser 'feio e nordestino', Juninho Pernambucano acabou gerando uma reação do Flamengo, que emitiu nota oficial negando o fato. Agora foi a vez do colega de bancada e também ex-jogador Edinho entrar no assunto e discordar do ídolo do Vasco.

Edinho participou do programa 'Troca de Passes', do SporTV deste sábado e afirmou que Renê nunca teve uma regularidade na equipe rubro-negra: "Acho que o Renê em nenhum momento, independente se é nordestino, se é do Norte, do Sudeste, ele em nenhum momento se firmou na equipe do Flamengo. E logicamente o treinador não teve a segurança de colocá-lo em um momento importante, em um jogo importante do Flamengo”.

O ex-zagueiro da Seleção também lembrou que Renê também não teve grandes oportunidades com outros técnicos: "Tecnicamente, em nenhum momento o Renê conseguiu se firmar na equipe do Flamengo e vários treinadores, inclusive o Reinaldo Rueda colocou o Everton em alguns momentos como lateral-esquerdo e ele joga nessa posição, também", concluiu.

Durante o programa 'Seleção SporTV' de sexta-feira, Juninho Pernambucano falou sobre preconceito no futebol e citou Renê: "É a torcida que escala o Vinicius Junior. A torcida tirou o Renê. Você vai para uma semifinal em que você tem a vantagem do empate, a torcida tira o Everton, que joga na ponta esquerda, que é decisivo, para improvisá-lo na lateral porque o Vinicius Junior tem que jogar e o Renê é ruim. Mas como o Renê é ruim se chegou no Flamengo? O Renê é feio, é nordestino e não é amigo de ninguém. Essa é a realidade. O Brasil é preconceituoso. O brasileiro é preconceituoso. E a massa da torcida é preconceituosa".

Você pode gostar