Fifa pune clubes de cinco países diferentes que estão devendo salários a jogadores

Caso os times não normalizem a situação, perderão pontos nos campeonatos que disputam e ficarão impedidos de comprar e vender atletas por um período determinado

Por O Dia

Al Jazira tem Romarinho, ex-Corinthians, no elenco e é um dos clubes punidos
Al Jazira tem Romarinho, ex-Corinthians, no elenco e é um dos clubes punidos -

Suíça - Clubes de cinco países que estão com salários dos jogadores em atraso sofreram uma pena da Fifa. No documento, as multas e os prazos estão descritos e, caso não ocorra a normalização, os times perderão pontos nos campeonatos que disputam e ficarão impedidos de comprar e vender atletas durante um período determinado. A entidade anunciou a punição e estabeleceu um prazo para que a situação seja resolvida.

Times como Al Jazira, dos Emirados Árabes, e o Al Arabi, do Catar, estão punidos e têm brasileiros atuando neles.

Confira os clubes punidos e as penas:

Al Arabi (Catar) - Multa de 30 mil francos suíços (cerca de R$ 116 mil). Tem prazo de 90 dias para regularizar os salários atrasados. Caso não cumpra, perde seis pontos e fica impedido de fazer transferências de atletas por duas janelas.

Al Jazira (Emirados Árabes) - Multa de 25 mil francos suíços (cerca de R$ 97 mil). Tem prazo de 60 dias para regularizar os salários atrasados. Caso não cumpra, perde seis pontos e fica impedido de fazer transferências de atletas por duas janelas.

Mersin dman Yurdu (Turquia) - Multa de 20 mil francos suíços (cerca de R$ 77 mil). Tem prazo de 60 dias para regularizar os salários atrasados. Caso não cumpra, perde seis pontos e fica impedido de fazer transferências de atletas por duas janelas.

Kuban (Rússia) - Multa de 15 mil francos suíços (cerca de R$ 58 mil). Tem prazo de 30 dias para regularizar os salários atrasados. Caso não cumpra, perde seis pontos e fica impedido de fazer transferências de atletas por uma janela.

Zamalek (Egito) - Multa de 25 mil francos suíços (cerca de R$ 97 mil). Tem prazo de 60 dias para regularizar os salários atrasados. Caso não cumpra, perde seis pontos e fica impedido de fazer transferências de atletas por duas janelas.

A Federação Egípcia de Futebol ainda sofreu outra punição por conta de um amistoso irregular contra o Kwait, realizado no dia 25 de maio. A partida não poderia ter ocorrido, pois nesse período as seleções que disputariam a Copa do Mundo não estariam autorizadas a participar de jogos a fim de preservar seus atletas. Com isso, a entidade terá que pagar multa de 50 mil francos suíços, cerca de R$193 mil.

 

 

Últimas de Esporte