Irmão da ex-ginasta olímpica Lais Souza morre afogado durante pesca em São Paulo

Mateus da Silva Souza foi encontrado sem vida em uma represa

Por ESTADÃO CONTEÚDO

Laís Souza se preocupa com finanças
Laís Souza se preocupa com finanças -

São Paulo - O jovem Mateus da Silva Souza de 27 anos, irmão da ex-ginasta olímpica Lais Souza, morreu afogado quando praticava pesca subaquática, no fim da tarde de sexta-feira, 7, numa represa do Rio Grande, em Miguelópolis, interior de São Paulo. De acordo com a Polícia Civil, ele passava o feriado com a família em um rancho, quando decidiu pescar com os amigos. Ele foi deixado num ponto da represa e, quando o barco voltou para buscá-lo, por volta das 17 horas, o rapaz não foi encontrado.

Os amigos fizeram buscas no local e o encontraram submerso e já sem vida em um ponto de pouca profundidade. Familiares disseram à polícia que ele conhecia o local e praticava com frequência a pesca subaquática de tucunaré. Silva não usava cilindro de oxigênio.

O corpo foi levado para perícia no Instituto Médico Legal (IML) de Ituverava e era velado, na manhã deste sábado (8), em Ribeirão Preto, onde mora a família. A Polícia Civil abriu inquérito e aguarda o laudo do IML para apurar a causa da morte.

A irmã da vítima, Lais da Silva Souza, fez parte da equipe brasileira que disputou os jogos Olímpicos de Atenas, na Grécia, em 2004, e de Pequim, na China, em 2008. Em 2012, ela foi convocada para a seleção brasileira de ginástica artística feminina, mas sofreu uma lesão na mão esquerda durante os treinos e deixou a equipe. Em 2014, quando se preparava para disputar os Jogos Olímpicos de Inverno de Sochi, na Rússia, Lais se chocou com uma árvore na estação de esqui e sofreu grave lesão na coluna cervical. A ex-ginasta ainda se recupera da lesão.

Galeria de Fotos

Laís Souza se preocupa com finanças Rafael Ribeiro/CBG
Mateus de Souza, de 36 anos, morreu afogado Reprodução Internet

Últimas de Esporte