Vídeo! José Trajano ataca propaganda de Natal da ESPN estrelada por Rômulo Mendonça

'Eu acho bobo, bizarro e muito malfeito', detona o jornalista

Por O Dia

Propaganda de Natal da ESPN foi criticada por Trajano
Propaganda de Natal da ESPN foi criticada por Trajano -

Rio - José Trajano, que ficou nacionalmente conhecido trabalhando como comentarista na ESPN, não gostou nada da propaganda de Natal da emissora estrelada por Rômulo Mendonça. O jornalista detonou o humor do anúncio que anunciava os jogos da NBA no final de ano.

José Trajano - Reprodução

No vídeo, Rômulo se veste de inúmeros personagens num dia de Natal muito chato. Em determinado momento, surge na TV um jogo da NBA e o clima muda completamente. Trajano reclamou do humor da emissora: "Não sou contra o bom humor, a boa tirada, a brincadeira na hora certa – a dupla Amigão/Antero faz isso muito bem. Há gente que está se divertindo com o vídeo. Eu o acho bobo, bizarro e muito malfeito. E expõe – opinião compartilhada por várias pessoas a quem mostrei o vídeo – o boa-praça do Rômulo ao ridículo", afirmou.

Veja, abaixo, o texto completo publicado no site Ultrajano:

Jornalismo esportivo perde a noção do ridículo Alguns vão dizer: uma coisa não tem nada a ver com a outra. Para mim, tem. Não transformem o bom narrador, divertido e perspicaz, numa coisa que ele não é.

Faz tempo que boa parte dos antigos coleguinhas escolheu – sob os auspícios dos chefes e em nome da audiência a qualquer preço – trilhar a estrada da galhofa, da piada de mau gosto, da zombaria. Talvez se inspirando em sites de humor, esquecendo que aqueles são produzidos por pessoal do ramo, boa parte deles gente fina e talentosa como, por exemplo, o Adnet e o ' Porta dos fundos', dos quais sou fã de carteirinha.

Os ' engraçadinhos' se deixam levar pelo número impressionante de seguidores, esquecendo que qualquer besta quadrada tem milhões deles. Rômulo Mendonca foi destaque nos Jogos Olímpicos narrando partidas de vôlei. Criou bordões – alguns que acho de extremo mau gosto, como ' me engravida ' ou mesmo o ' que homem!'.

Ganhou merecido reconhecimento e passou a ser chamado de ' mito' por alguns de seus fãs. Bom lembrar que o ex-capitão e seus filhotes também são chamados de mito. Ou seja, não é orgulho nenhum ser chamado assim nos dias de hoje.

ste texto não tem nada de ressentimento ou coisa parecida, como alguns podem maldosamente imaginar. O desejo de escrever partiu do meu espanto diante da bizarrice que é a peça publicitária para os jogos de Natal da NBA.

Não é a primeira vez que fazem coisas parecidas por lá. Querem fazer humor, mas não levam jeito pra coisa.

Toda vez que vejo algo assim eu me lembro de Helvídio Mattos, Lúcio de Castro, Roberto Salim, gente que poderia produzir mensagens de Natal com conteúdo muito mais inteligente e saboroso por meio de matérias que sabem produzir como poucos.

Alguns vão dizer: uma coisa não tem nada a ver com a outra. Para mim, tem.

Não transformem o bom narrador, divertido e perspicaz, numa coisa que ele não é.

Não sou contra o bom humor, a boa tirada, a brincadeira na hora certa – a dupla Amigão/Antero faz isso muito bem.

Há gente que está se divertindo com o vídeo. Eu o acho bobo, bizarro e muito malfeito. E expõe – opinião compartilhada por várias pessoas a quem mostrei o vídeo – o boa-praça do Rômulo ao ridículo.

Um bom Natal e feliz 2019 para todos – se é que isso será possível!

Galeria de Fotos

Propaganda de Natal da ESPN foi criticada por Trajano Reprodução / Youtube
José Trajano Reprodução

Últimas de Esporte