Jogador do Barcelona é condenado a pagar multa por deixar casa cheia de lixo

'Havia lixo e restos por toda a parte. Na geladeira, havia comida podre', declarou o caseiro, que moveu o processo contra o francês

Por O Dia

Barcelona's forward from France Ousmane Dembele (C) walks with the team's doctor during the Spanish league football match Getafe CF vs FC Barcelona at the Col. Alfonso Perez stadium in Getafe on September 16, 2017. / AFP PHOTO / PIERRE-PHILIPPE MARCOU
Barcelona's forward from France Ousmane Dembele (C) walks with the team's doctor during the Spanish league football match Getafe CF vs FC Barcelona at the Col. Alfonso Perez stadium in Getafe on September 16, 2017. / AFP PHOTO / PIERRE-PHILIPPE MARCOU -

Alemanha - O jogador do Barcelona, Ousmane Dembelé foi condenado pelo Tribunal Distrital de Dortmund, da Alemanha, a pagar uma multa no valor de 10 mil euros, cerca de R$ 43,5 mil, por deixar sua casa alugada em estado deplorável na época em que jogava no Borussia Dortmund.

O processo, que estava em aberto desde 2017, foi movido pelo caseiro Gerd Weissenberg, de 72 anos, que queria 21 mil euros, pouco mais de R$ 91 mil, entre taxas e danos à casa. No entanto, os advogados do francês conseguiram diminuir o valor.

"Quando ele se mudou, foi muito difícil, não sabíamos como nos desfazer do lixo porque estava tudo jogado pelo jardim. Havia lixo e restos por toda a parte. Na geladeira, havia comida podre; entre os armários, vários sacos de plástico velho; no chão, manchas secas. Atrás da porta, havia uma pilha de contas a pagar. Não parece que fui o único enganado", declarou Weissenberg.

O advogado de Dembelé, Horst Kletke, por sua vez, minimizou as acusações. "Em um apartamento, você pode sentir um cheiro ruim e ele pode estar sujo", disse, satisfeito com o acordo.

Comentários