Flamengo e Fluminense aumentam receita no Maracanã após acerto com contrato de bebida

Além disso, houve um incremento nas vendas de camarotes nos setores leste e oeste. Compromissos têm sido fechados por um ano

Por O Dia

Flamengo e Fluminense
Flamengo e Fluminense -
Rio - Na busca de tornar o Maracanã rentável, Flamengo e Fluminense conseguiram um passo importante. Os clubes fecharam um acordo com a Ambev para fornecimento de bebidas no estádio com valor superior ao da Odebrecht. As informações são do portal "UOL".
Além deste acerto, houve um incremento nas vendas de camarotes nos setores leste e oeste. Compromissos têm sido fechados por um ano. Ao assumirem provisoriamente o Maracanã, os clubes tinham o o desafio de levantar receitas para bancar em torno de R$ 24 milhões por ano o que inclui a manutenção e pagamentos para o Estado. 
Executivos dos dois clubes estão trabalhando na obtenção de acordos, além de empresas contratadas para obtenção de contratos. No caso do fornecimento de bebidas, foi acertado um contrato com pagamento de R$ 3,2 milhões por ano para manter a exclusividade no estádio. Antes, eram pagos R$ 2 milhões para a Odebrecht.

Além dessas receitas, a dupla carioca recebe uma parte do dinheiro da visitação ao estádio que gera em torno de R$ 400 mil por mês, explorado por outra empresa. Há também algumas receitas de aluguéis que geram R$ 90 mil por partidas, pagos pelos próprios clubes. E, na Copa América, a Conmebol pagou R$ 1,750 milhão de aluguel pelos cinco jogos e um mês de uso do estádio.

Comentários