Gandula passa mal durante jogo da Série C deixa estádio de ambulância

Partida ficou paralisada por cerca de 25 minutos

Por O Dia

Gandula recebendo atendimento no campo
Gandula recebendo atendimento no campo -
Varginha - Na partida que terminou 0 a 0 entre Boa Esporte e Luverdense pela Série C, um gandula sofreu uma convulsão e precisou ser levado de ambulância a Unidade de Pronto Atendimento (UPA). O caso aconteceu nesta segunda-feira (05), no Estádio Municipal de Varginha (MG). A diretoria do clube mineiro revelou que o profissional ficou em observação e foi liberado no início da madrugada.
A partida teve que ser paralisada duas vezes. Na primeira, o gandula se sentiu mal e precisou ser levado de maca para a ambulância, por volta dos 17 minutos do segundo tempo. A segunda pausa durou cerca de 20 minutos, por conta do retorno da ambulância ao estádio, já que não é permitido o início da partida sem o veículo.
O árbitro da partida, Léo Simão, registrou o ocorrido na súmula, mas se referindo ao gandula como maqueiro. "A partida ficou paralisada por 28 minutos em decorrência da ambulância precisar sair do estádio para atendimento médico do maqueiro; a partida foi retomada assim que houve o retorno da ambulância".

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários