Leo Valencia vai, Leandrinho volta ao clube

Chileno acerta com o Colo-Colo. Outro meia retorna de empréstimo ao Sport

Por

Com alto salário e pouco futebol, Valencia não vai deixar saudade
Com alto salário e pouco futebol, Valencia não vai deixar saudade -

Fora dos planos do Botafogo para 2020, Leo Valencia já arrumou as malas rumo ao Colo-Colo e vai assinar com o clube chileno por duas temporadas. Em General Severiano desde 2017, ele disputou 92 jogos, fez seis gols e deu 11 assistências. Sua única conquista foi o Campeonato Carioca do ano passado. Sem nunca ter se firmado entre os titulares, o meia não deixará saudade entre os torcedores.

Inicialmente, a intenção da diretoria era usar Leo Valencia como moeda de troca, uma vez que seu contrato se encerraria em julho. Mas o alto salário (R$ 230 mil mensais) e as fracas atuações não atraíram interessados no mercado nacional. O Botafogo já se movimenta para quitar o salário dele de dezembro e metade do 13º.

Quem será reintegrado ao grupo é o apoiador Leandrinho, cria da base alvinegra e que disputou a Série B do Brasileiro pelo Sport. O clube pernambucano até abriu negociações para segurar o jogador em 2020, mas o Botafogo não se sentiu atraído pela oferta. Com contrato até o fim de 2020, Leandrinho foi sondado por clubes do futebol asiático e da Europa, mas a expectativa é de que ele receba mais uma chance no Alvinegro.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários