Com uso de tecnologia importada, gramado do Maracanã é repaginado para encarar maratona de jogos em 2020

Empresa que administra o gramado do estádio prevê quase 100 partidas na temporada. Trabalho foi feito do dia 5 de janeiro até a última quinta-feira

Por Leonardo Damico e Venê Casagrande

Tratamento do Maracanã foi realizado no nas primeiras semanas de 2020
Tratamento do Maracanã foi realizado no nas primeiras semanas de 2020 -
Rio - Casa de Flamengo e Fluminense na última temporada, o Maracanã recebeu 73 partidas oficias em 2019, e o excesso de jogos ocasionou críticas por atletas e dirigentes. Se o número de partidas no ano passado foi alto, em 2020 aumentará. Em contato com 'O Dia', a Greenleaf, empresa que administra o gramado do Maracanã, projeta quase 100 duelos no estádio.

Neste início de temporada, o Maracanã já receberá um grande número de duelos válidos pelo Campeonato Carioca. Em 23 dias, de 18 de janeiro a 9 de fevereiro, o estádio receberá nove partidas, em média um jogo a cada 2,87 dias. O primeiro confronto já ocorre neste sábado, às 16h, entre Macaé e Flamengo, na rodada inicial do torneio.
Tratamento do Maracanã foi realizado no nas primeiras semanas de 2020 - Divulgação: Greenleaf


No ano passado, já na segunda metade da temporada, o gramado começou a apresentar irregularidades e atletas se queixaram do mesmo. Em outubro, Filipe Luis, lateral do Flamengo, afirmou que o gramado 'atrapalhava demais e era perigoso'. Lionel Messi e Luis Suaréz também criticaram o palco durante a realização da Copa América de 2019.

Prevendo o aumento no número de jogos e se precavendo de críticas ao final da temporada, a Greenleaf organizou um novo esquema para o tratamento do gramado do estádio. Os trabalhos foram iniciados no dia 5 de janeiro, se encerraram na última quinta-feira e foram divididos em cinco etapas.
Tratamento do Maracanã foi realizado no nas primeiras semanas de 2020 - Divulgação: Greenleaf


Em um primeiro momento, é usada 'Amazone', uma máquina francesa que raspa o gramado todo, o deixando zerado. Depois, é utilizada a 'Vertdrain', máquina holandesa que faz a descompactação do solo para retirar a argila acumulada ao longo da última temporada. Nesta etapa, um pino oco entra no solo e retira uma espécie de charuto de solo compactado.

Na terceira fase do processo, entra em cena a 'Workman topdresser', máquina norte-americana que distribui 90m3 de areia na granulometria da Fifa para corrigir o micronivelamento. Na quarta etapa, ocorre a adubação líquida, com cerca de 3.000 litros de água. A última fase se dá através da adubação granular, com cerca de 1,5 toneladas.
Tratamento do Maracanã foi realizado no nas primeiras semanas de 2020 - Divulgação: Greenleaf
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Galeria de Fotos

Tratamento do Maracanã foi realizado no nas primeiras semanas de 2020 Divulgação: Greenleaf
Tratamento do Maracanã foi realizado no nas primeiras semanas de 2020 Divulgação: Greenleaf
Tratamento do Maracanã foi realizado no nas primeiras semanas de 2020 Divulgação: Greenleaf
Tratamento do Maracanã foi realizado no nas primeiras semanas de 2020 Divulgação: Greenleaf

Comentários