Ex-Flamengo e atualmente jogador do Sion, Adryan é oferecido ao América-MG, mas clube mineiro não se interessa

O contato com o Coelho foi feito através de um dos empresários do meia, mas, por entender que não precisa de jogador para esta posição, os dirigentes não aprovaram o nome

Por Venê Casagrande

Adryan buscou no trabalho alívio após a morte do amigo Sala
Adryan buscou no trabalho alívio após a morte do amigo Sala -
Desde que surgiu no time profissional do Flamengo, em 2012, Adryan não conseguiu se firmar nas equipes em que passou. Foi emprestado para o Cagliari, da Itália, Leeds United, da Inglaterra, Nantes, da França, e retornou ao Rubro-Negro, onde ficou até 2017, quando rescindiu o vínculo para se transferir para o Sion, da Suíça. Na temporada passada, ele foi emprestado para o Kayserispor, da Turquia, mas não vingou. Nos últimos dias, o empresário do jogador ligou para o América-MG para indicar o atleta à diretoria do clube mineiro, mas o Coelho não se interessou.
A ideia do estafe de Adryan era por empréstimo ou até mesmo rescisão de contrato com o Sion. Em contato com a reportagem, Paulo Bracks, diretor do América-MG, confirmou a informação e explicou o porquê de não ter aprovado o nome do jogador.
"É verdade. Não posso mentir. Ele (Adryan) tem uma boa idade, uma boa base, mas atua em uma posição que não estamos buscando", disse Paulo Bracks em contato com o jornal O Dia.
Adryan tem 25 anos e chegou a ser chamado de "Novo Zico" nos tempos de Flamengo. O contrato do meia com o Sion vai até junho deste ano. Ou seja, o brasileiro está livre para assinar pré-contrato com outro clube.
 
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários