Algemado, Ronaldinho Gaúcho participa de audiência para saber se continua detido

Craque do futebol e seu irmão, Assis, estão no Palácio de Justiça da capital paraguaia. Ex-jogador usou casaco para esconder algemas

Por ESTADÃO CONTEÚDO

Algemados, Ronaldinho e Assis chegam para audiência no Paraguai
Algemados, Ronaldinho e Assis chegam para audiência no Paraguai -
Paraguai - Depois de serem presos preventivamente na noite desta sexta-feira em Assunção, Ronaldinho Gaúcho e seu irmão Assis deixaram na manhã deste sábado o complexo da Agrupação Especializada da Polícia Nacional do Paraguai,  onde passaram a noite em uma cela após pedido de detenção pela Procuradoria Geral.

Ronaldinho e Assis participam de uma nova audiência no Palácio de Justiça da capital paraguaia. A juíza Clara Ruiz Diaz determinará se eles continuam presos ou não pelo uso de documentos falsos. Eles chegaram ao local algemados. O ex-jogador usou um casaco para tentar esconder as algemas. O caso se desdobra desde a noite de quarta-feira, quando o ex-jogador e seu irmão e empresário foram alvo de busca da polícia do Paraguai no quarto de hotel em que estavam pelo uso de uma identidade e um passaporte paraguaios, ambos falsos.

Na quinta-feira, o Ministério Público do país havia decidido não abrir processo formal contra Ronaldinho e Assis. Na sexta, porém, o juiz Mirko Valinotti, do Juizado Penal de Garantias de Assunção, não aceitou a recomendação e deu 10 dias para a promotoria investigar o caso e dar o parecer definitivo.

Galeria de Fotos

Ronaldinho deixa o Palácio de Justiça após cinco horas de depoimento AFP
Brazilian retired football player Ronaldinho leaves Asuncion's Prosecution after declaring about his irregular entry to the country, in Asuncion, Paraguay, on March 5, 2020. - Former Brazilian football star Ronaldinho and his brother have been detained in Paraguay after allegedly using fake passports to enter the South American country, authorities said Wednesday. (Photo by NORBERTO DUARTE / AFP) AFP
Ronaldinho Gaúcho prestou depoimento após ser detido no Paraguai AFP
Ronaldinho Gaúcho deixa promotoria após depoimento e decide ficar no Paraguai AFP
Ronaldinho posa com fã policial no Paraguai Reprodução
Polícia encontra passaportes falsos de Ronaldinho e Assis em suíte de hotel no Paraguai Ministério Público do Paraguai
Polícia encontra passaportes falsos de Ronaldinho e Assis em suíte de hotel no Paraguai Ministério Público do Paraguai
Polícia encontra passaportes falsos de Ronaldinho e Assis em suíte de hotel no Paraguai Ministério Público do Paraguai
Ronaldinho é detido no Paraguai Reprodução Twitter / Fiscalía Paraguay
Ronaldinho é detido no Paraguai Reprodução Twitter / Fiscalía Paraguay
Ronaldinho é detido no Paraguai Reprodução Twitter / Fiscalía Paraguay
Ronaldinho é detido no Paraguai Reprodução Twitter / Fiscalía Paraguay
Ronaldinho é detido no Paraguai Reprodução Twitter / Fiscalía Paraguay
O passaporte encontrado em posse de Ronaldinho Reprodução

Com isso, o caso foi para a Procuradoria Geral, que pediu a prisão preventiva do ex-jogador, pentacampeão mundial de futebol com a seleção brasileira na Copa do Mundo de 2002, e Assis, que atua como seu empresário. A prisão aconteceu quando os dois haviam trocado de hotel.

Na manhã desta sexta, o promotor Federico Delfino chegou a declarar que os investigadores detectaram que o pedido de naturalização paraguaia de Ronaldinho e o irmão foi registrado no Departamento de Migração do Paraguai.

O ex-jogador e seu irmão disseram que não solicitaram esse procedimento e o Ministério Público, então, anunciará que investigará um possível esquema de falsificação de documentos que envolve funcionários públicos e pessoas do setor privado.

Comentários