Grêmio tem terceiro caso de contaminação pelo coronavírus em sua diretoria

Equipe gaúcha vem sofrendo com a Covid-19

Por ESTADÃO CONTEÚDO

Renato Gaúcho
Renato Gaúcho -
Porto Alegre - O Grêmio confirmou neste sábado o terceiro caso de contaminação pelo coronavírus em sua diretoria. Desta vez, a vítima da covid-19 é o vice-presidente Marco Bobsin, de 68 anos. Outros dois casos da doença haviam sido anunciados na sexta-feira.

De acordo com um comunicado divulgado pelo clube gaúcho, Bobsin está internado no Hospital Moinhos de Vento, em Porto Alegre, para observação e seu estado de saúde é bom. Em breve ele deverá ser mandado para casa, onde vai cumprir um período de quarentena

Antes de Marco Bobsin, também tiveram resultado positivo no teste do coronavírus Claudio Oderich, outro vice-presidente gremista, e o assessor adjunto das categorias de base, Eduardo Fernandes. Luiz Ferrari Júnior, também assessor da base tricolor, teve resultado negativo em seu exame.

Por causa dos casos na diretoria, é possível que o presidente Romildo Bolzan seja submetido nos próximos dias a um teste do coronavírus - até porque ele teve contato recentemente com o comandante do Internacional, Marcelo Medeiros, que está com a doença.

Na sexta-feira, o Grêmio promoveu uma bateria de testes e aplicação de vacinas no CT Luiz Carvalho. Foram submetidos aos exames os jogadores, os integrantes da comissão técnica e os demais funcionários do clube, que tomou cuidado para que o atendimento fosse individual, evitando ao máximo o contato entre as pessoas.

Comentários