Dana White, presidente do UFC - Reprodução
Dana White, presidente do UFCReprodução
Por Lance
Rio - Se o anúncio da saída de Yoel Romero, no último sábado (5), pegou muitos de surpresa, os fãs de MMA devem estar preparados para novas dispensas importantes no elenco de lutadores do UFC. A confirmação foi feita por Dana White, presidente da organização, em entrevista aos jornalistas após a realização do UFC Vegas 16. O mandatário adiantou que, nas próximas semanas, cerca de 60 atletas serão cortados do plantel da companhia americana. Vale ressaltar que Romero ainda tinha três lutas em seu atual contrato com o Ultimate
Publicidade
"Bem, vamos ter cortes sérios aqui no final deste ano. Provavelmente, teremos cerca de 60 demissões até o primeiro dia do ano que vem. O Yoel (Romero) perdeu quatro de suas cinco últimas lutas e tem (quase) 44 anos. Nós apenas olhamos para nossa lista. Yoel tem quase 44 anos, perdeu quatro das últimas cinco, mas é uma decisão difícil que você tem que fazer. Nosso plantel está bastante inflado no momento, por isso, vocês vão ver diversos nomes nas próximas semanas", revelou Dana.

A poucos meses de completar 44 anos, Yoel Romero venceu apenas uma luta, contra Luke Rockhold, desde o ano de 2017. No período, o experiente lutador cubano foi derrotado por Robert Whittaker (em duas oportunidades), Paulo Borrachinha e Israel Adesanya. O veterano chegou a disputar o cinturão peso-médio – interino e linear – em quatro oportunidades, e chegou a sair vencedor em uma delas, diante de Rockhold, mas não conquistou o cinturão por não bater o peso da divisão dos médios (até 84kg).