Caroline LealAlê Cabral / CPB

O futuro do Brasil nas Paralimpíadas tem sido construído dia após dia. Neste final de semana, foi realizado as Paralimpíadas Universitárias, onde diversas promessas olímpicas estiveram presentes. A competição ocorreu no Centro de Centro de Treinamento Paralímpico, localizado na cidade de São Paulo.
A UNIVERITAS – Centro Universitário Universus Veritas Rio de Janeiro esteve presente no pódio pelas Paralimpíadas Universitárias. No último fim de semana, os estudantes Naiara Ramalho, Tayana Medeiros, Juliano Ribeiro, Rodrigo Nunes e Caroline Leal se destacaram na disputa e, ao todo, faturaram oito medalhas para a Instituição.
Considerada uma das promessas para as Paralimpíadas de Paris 2024, Naiara Ramalho faturou o ouro no lançamento de dardo e a prata no arremesso de peso da classe F46. Ela conquistou a sua melhor marca ao lançar o dardo em 16 metros e 36 centímetros, superando em quase um metro o que conseguia fazer nos treinamentos. Pelo arremesso de peso, ela também conseguiu a melhor marca ao arremessar 5 metros e 92 centímetros. “Estou muito feliz, principalmente por ter superado minhas marcas. Procurei ter muita concentração antes do lançamento e prestar atenção à dica do meu técnico, Claudemir Santos, durante a prova. Além disso, perder quase 14 quilos foi muito importante, pois isso fez muita diferença. Agora, é buscar uma vaga para Paris 2024”, comemorou a atleta.
Além dela, Tayana Medeiros, que competiu nas Paralimpíadas de Tóquio 2020 no Halterofilismo, mudou de modalidade, conquistou a prata no arremesso de peso F56 (para cadeirantes) e também ficou em quarto no lançamento de dardo. A também estudante de Educação Física destacou a conquista e explicou o motivo da troca de esporte. “Muito feliz pela medalha, já que não é o meu esporte específico. Fui convidada pela minha Faculdade para participar das Universitárias e aceitei o desafio de competir em outra modalidade. Como não tem halterofilismo, e eu comecei no esporte pelo atletismo, decidi competir no lançamento de dardo e arremesso de peso, que eu já conheço", disse.
Além delas, a UNIVERITAS também teve grande rendimento em outras classes. Caroline Leal conseguiu o 1º lugar no lançamento de dardo e também no arremesso de peso pela classe F64. No masculino, Juliano Ribeiro e Rodrigo Nunes faturaram o ouro nos 100m, nos 200m e também nos 400m, pelas classes T33 e T54, respectivamente.
O objetivo das Paralimpíadas Universitárias é estimular a participação dos estudantes universitários com deficiência física, visual e intelectual em atividades esportivas de todas as Instituições de Ensino Superior (IES) do território nacional, promovendo ampla mobilização em torno do esporte.