Emerson Carioca fez o gol da classificação do Sampaio Corrêa para a Série A do Campeonato Carioca e comemorou de maneira muito exótica
Emerson Carioca fez o gol da classificação do Sampaio Corrêa para a Série A do Campeonato Carioca e comemorou de maneira muito exóticaGabriel Farias/Divulgação
Por LUCIANO PAIVA
Ser o herói da classificação do seu time em qualquer competição deve causar uma sensação indescritível. Se for com um gol aos 49 minutos do segundo tempo então! Que o diga o atacante Emerson Carioca, autor da pintura de falta que colocou o Galinho na Série A do Estadual em 2021, na vitória por 2 a 1 sobre o Maricá, na tarde desta quarta-feira. Na comemoração efusiva, o jogador provocou os dirigentes rivais tirando o calção e causou uma briga generalizada no Estádio Alziro de Almeida, em Itaboraí.
Ele acabou expulso, claro, mas depois, já de cabeça fria, disse que se arrependeu. Em contato com O DIA, Emerson Carioca explicou o motivo da sua celebração para lá de exótica. "Eu quero pedir perdão a todos os torcedores do Sampaio Corrêa, aos meus companheiros, assim como aos jogadores do Maricá, torcida, e a todos os amantes do futebol. Me arrependo profundamente do que aconteceu. Fui muito provocado no primeiro jogo e também agora nesse segundo. O pessoal que estava na arquibancada estava me xingando, falando um monte de besteira de mim, e extravasei naquele momento. Não foi nada premeditado, por isso, venho aqui e reconheço minha falha e peço perdão a todos", disse o jogador.
Publicidade
O Nova Iguaçu, que despachou o Duque de Caxias nas semifinaus, será o rival do Galinho nas finais da Série B1 do Carioca. O Laranjinha também garantiu a sua presença na elite do Estadual do ano que vem.